domingo, 26 de dezembro de 2010

Depois da Copa de 2014,das Olímpiadas de 2016,agora o Miss Universo de 2011 será no Brasil

Sim,milagres acontecem... Depois da Copa do Mundo de 2014,das Olímpiadas de 2016.Agora é a vez do Miss Universo de 2011 ser em solo brasileiro.

Do Miss Brasil Oficial

O concurso que há sessenta anos elege a mulher mais bela do Universo vai ocorrer pela primeira vez no Brasil,ao mesmo tempo que afastou os rumores de que a Bandeirantes não iria transmitir mais os concursos de Miss.

O anúncio foi feito pelo dono do concurso, o empresário americano Donald Trump, e pelo presidente da Band, João Carlos Saad.

Além de organizar o concurso no país, a emissora brasileira será responsável pela transmissão do evento para cerca de 200 países.

"O Brasil está se transformando rapidamente numa economia poderosa e é um ótimo lugar para negócios. Nessa década, o Brasil será sede dos três maiores e mais vistos eventos do mundo: a Copa do Mundo, as Olimpíadas e agora o Miss Universo", disse Trump.

Por volta de noventa candidatas ao título devem permanecer no país por cerca de um mês, realizando atividades ligadas ao concurso, como ensaios e participação em eventos sociais.

A cidade escolhida como sede foi São Paulo e o local também já foi escolhido o Credicard Hall. A data também já foi marcada: 12 de setembro.

“O Grupo Bandeirantes de Comunicação, comemora o acordo com a organização do Miss Universo para que São Paulo sedie o concurso em 2011”, diz o presidente João Carlos Saad. “Achamos que tem tudo a ver com o Brasil, estamos ansiosos para mostrar para as participantes e aos quase 200 países que assistem o concurso a cada ano, a bela cultura brasileira”, afirmou.

Será a primeira vez nos 60 anos de história do Miss Universo que o concurso será realizado no Brasil e a segunda vez que o concurso será realizado no hemisfério sul,já que a única vez foi em Perth,na Austrália em 1979. A atual Miss Universo, a mexicana Ximena Navarrete, disse que a escolha do Brasil para sediar os 60 anos do concurso foi perfeita: “é o melhor país”, comemorou.

Durante seu reinado, Navarrete viaja pelo mundo como embaixatriz pela educação, pesquisa e legislação do HIV/Aids. A próxima Miss Universo deverá continuar com esse trabalho.

Eu não irei fazer Concurso Público (Planos para o Futuro)

Como nasci,cresci e moro em Brasília é comum se dizer que qualquer cidadão alfabetizado já fez, quis fazer ou fará concurso público. Fala-se que os recém formados de Brasília dormem com um zunido chato que repete "jovem, se você completou 18 anos, aliste-se no cursinho para concursos mais próximo". É alistar-se mesmo. Terminado o ensino médio ou a faculdade, o povo corre para a indústria dos concursos. Acreditem, que aqui existe um cursinho que se "denomina" a Faculdade dos Concursos tem uma que prepara técnicos, analistas ou qualquer outra coisa que recém saída do colégio pode faturar até R$ 5 mil em um mês. Vestibular pra quê, hein?

Eu mesmo me preparei para fazer um concurso. Isso aos 22 anos, numa época que não tinha percepção para essas coisas e caí na lábia de uma pessoa que queria me usar.Talvez,quem não conviva com um
Asperger não saiba ver que ele tem uma rara pureza nas relações pessoais.Em
tempo em que as pessoas se odeiam.Não era aquela desculpa do "preciso ganhar prática" e sim provar para certas pessoas que não estavam me dando valor.Não era para mim e sim para os outros.Eu sei que o cargo ainda existe, mas que um sonho de consumo que era do momento.Mas,acabou em direitos não sei das quantas, doze até quatorze horas de estudo (juntamente com a faculdade) por dia e quatro fases que eu saberia que não iria passar.

Agora aos 23 passo por uma crise espiritual brava por causa dessas questões,foi frustante ao estagiar numa repartição pública e ver que seus princípios éticos e morais não valem mais nada para aquelas pessoas que só querem um status profissional e dinheiro e topam tudo para suas realizações profissionais e não as pessoais.


Tô falando disso porque agora a ideia de fazer concurso volta a me assustar. Ou incomodar, ou chamar, sabe-se lá. Quando encontro vários amigos de várias épocas de vida.É este assunto que se torna em voga.Vai abrir concurso para tal repartição,tal órgão vai abrir x vagas,olha é o seu único futuro.Outra coisa que também está me incomodando é a questão de aprender ferramentas de computador para a Geografia.Uma outra coisa que também não irei fazer,descobri que tenho afinidades na área humana da Geografia.Em tempos modernos num mundo que só fala de dinheiro,realizações profissionais e ninguém fala daquelas coisas que são as mais as mais duras para mim.As coisas simples : Ajudar alguém,dar atenção quando alguém precisa,olhar nos olhos quando se conversa,aprender a conviver com alguém tão diferente de mim,sair do meu mundo.

A maioria dos "concurseiros" nem ligam pro que vao fazer,só pensam no salário.. depois passam o resto da vida desempenhando uma função que sim eles odeiam, se tornam infelizes e reclamam de tudo e de todos o tempo inteiro... e ainda falam que não sabe o que fizeram de errado pra tanta amargura.

2010 foi um ano de realizações e de reflexões.Algumas para o resto da minha vida,outras para o momento que passo...

Ao mesmo tempo que me livrei da bendita epilepsia.Percebi que cheguei ao meu limite de todos esses tratamentos que a anos venho fazendo.Eu sei que eles me ajudam,mas também atrapalham e muito por que me sinto fora da realidade do mundo (aquela que batalho para perceber).São quase 20 anos de tratamento psicológico.É verdade que tudo parece ser um barato quando criança.Mas,quando você se torna um adulto a coisa vira um saco.Eu odeio rotina e acho que vida fica sem graça com ela como milhares de coisas.Quero atrás da minha felicidade.Porque amo o que faço e é mais importante para mim ser o melhor naquilo que escolhi pro resto da minha vida.A Geografia Humana,das pessoas,das experiências não aquela Geografia moderna automatizada,sem sal sem graça.

Pode ser por idealismo, ou até por imaturidade (se for, saberei no futuro). A questão é que não vou fazer concurso público. Pelo menos agora. Ponto final. E sabe porquê? Porque eu gosto e adoro a Geografia. Amo e algo que traz retornos para minha vida intelectual. É uma escolha que pra os outros pode ser complexa,mas é a minha satisfação. Eu adoro pesquisar, elaborar minhas teorias e comprovar que elas existem, e surpreender as pessoas com isso.Futuramente se eu tiver realmente que fazer outra escolha, ninguém fará isso por mim e acho que isso não me trará a felicidade. Primeiro, porque sou eu quem vai largar tudo e partir pra outro emprego completamente diferente. Segundo, porque não me vejo de jeito nenhum bancando o araponga na Polícia Federal,explicando para um político em que lugar fica tal cidade e suas necessidades,sendo que o cara só está pensando em o que fazer. E terceiro, porque ainda tenho várias outras escolhas que compensam, dentro (ou mais perto, pelo menos) daquilo que eu gosto de fazer.

Eu quero trabalhar em alguma coisa que me dê satisfação (mesmo que ela não seja plena), porque o trabalho irá ocupar a maior parte do meu dia. E se esse trabaho não me preencher, minha vida será um saco vazio. Agora, a razão mais importante de todas: sou eu que farei essa escolha, porque luto para se sentir bem comigo mesmo.

Eu sei que eu não queroter uma carreira, como meus pais e amgios. Mas o que me importa, o que acredito e o que escolho é isso: trabalhar em alguma coisa que me realize, porque só assim a minha felicidade e a felicidade da minha família também poderão se realizar. Entendeu agora porque é que eu não vou fazer concurso público?

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Direto da Katylene ... Mariah Carey ou Tina Pepper ?

Mariah Carey lançou seu novo clipe hoje.Mas,não tem nada de original,assistam um pouco !



Então olhem esse clássico final da novela Cambalacho de 1986,aonde Regina Casé interpretava Albertina Pimenta,ou melhor Tina Pepper.



E ai ? Qual diferença ?

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

NDR revela os 3 apresentadores do Eurovision 2011

Düsseldorf, Alemanha -Após anunciar seus planos para escolher a sua música concorrente pro Eurovision 2011,já que Lena Mayer-Landrut irá tentar novamente o Eurovision.A NDR anunciou o trio que apresentará a próxima edição em maio.

Os três já são caras conhecidas tanto na Alemanha,quanto internacionalmente por meio de seus programas ou então estão diretamente relacionados com o Eurovision em edições anteriores.

Ele está composto da comediante Ange Engelke,do apresentador e músico Stefan Raab e da jornalista mais popular do país Judith Rankers

Anke Engelke é canadense e fala três línguas (alemão,inglês e francês).E é uma cara conhecida da tv alemã desde os 12 anos.Além de apresentar vários programas de televisão nas maiores emissoras do país e é a dubladora alemã da Marge Simpson.Ela canta numa banda de soul a 20 anos.Num primeiro comentário ela revelou ser fã de ABBA e sempre assiste o festival com a família e com os amigos.

Judith Rakers é uma das apresentadoras do Tagesschau da ARD (que no Brasil é transmitido pela Deutsche Welle,o seu canal internacional) - o equivalente ao Jornal Nacional na Alemanha. Alem disso ela apresenta o 3 Nach 9, um talkshow.Ela também trabalha para o noticiário local da ARD de Hamburgo e na rádio, também.Durante a coletiva de imprensa ela falou que está realizando um dos maiores sonhos de sua carreira ao apresentar o Festival.

Stefan Raab não desconhecido para os fãs do Eurovision,já que compôs e participou de três entradas alemãs em anos recentes (1998,2000 e 2004).Além disso ele é o mentor da vencedora desse ano. Stefan é contratado do ProSieben,um canal privado aonde ele apresenta vários programas da área de entreternimento e especialmente cedido para a ARD no período do Eurovision em anos recentes.Ele disse que esta oportunidade é a maior experiência que ele terá em sua carreira.

O Eurovision 2011 será realizado na Espirit Arena de Düsseldorf,as semi-finais serão realizadas nos dias 10 e 12 de maio enquanto a Grande Final será em 14 de Maio.

do Eurovision.tv

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Programa dos Jogos Olímpicos de 2014,será expandido...

Sete novas disciplinas subiram um degrau para fazerem parte do programa, a partir de Sóchi 2014,a decisão foi revelado após o encontro do Quadro Executivo em Acapulco.

A decisão pode finalmente acabar com a polêmica relacionada a inclusão do salto de esqui feminino,aonde as saltadoras americanas e canadenses entraram na Justiça da Colúmbia Britânica para ter direito de competir,nos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver,em fevereiro deste ano.

Mas,o COI também olhou os casos especiais do halfpipe no esqui estilo-livre e do slopestyle tanto no esqui-estilo livre e no snowboarding, do revezamento misto no biathlon e no esqui cross-country e eventos por time na patinação artística e no luge.

Mas,a decisão não será tomada agora e a entidade irá esperar a realização dos respectivos Campeonatos Mundiais dos eventos candidatos e a confirmação destes eventos deverá ser feita pelo presidente Jacques Rogge.

Também se confirmou a entrada definitiva do esqui-cross no programa olímpico,já que a modalidade foi provisória nos Jogos Olímpicos de Vancouver 2010,a partir de 2014 e que os mesmos sete esportes que serão disputados em Sóchi 2014,serão mantidos para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018.

A notícia desagradou a IAAF,já que fazem oito anos que a entidade inscreveu o cross-country como candidato para o programa dos Jogos de Inverno.Mas,segundo o COI o cross-country não preenche os requisitos necessários para ser incluso no programa.

A regra 6.2 da Carta Olímpica coloca que somente aqueles esportes que forem praticados sobre gelo e neve serão considerados esportes de inverno.

Das Agências Internacionais

domingo, 24 de outubro de 2010

Odepa se irrita com Guadalajara e cobra 'explicações sem mentiras'

Acabou a paciência da Organização Desportiva Pan-americana (Odepa) com o Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos do ano que vem. Nesta terça-feira, na última Assembleia Geral Extraordinária na cidade de Acapulco, no México, o presidente da entidade, Mario Vazquez Raña, cobrou de forma dura dos organizadores rapidez nas obras. Por sua vez, os mexicanos, acuados com a ofensiva de Raña, prometeram entregar a Vila Pan-americana em julho, exatamente três meses antes do início do evento. Irritado com a tentativa do Comitê Organizador do Pan-2011 de minimizar os atrasos das obras, Raña demonstrou impaciência seis meses após se indispor em outra reunião sobre o mesmo tema.

- Quero explicações claras e sem mentiras. Não devemos jogar flores onde não merece flores. O problema não são as instalações esportivas, que estão longe de serem as melhores do mundo. São regulares. O grande problema que temos é a Vila Pan-americana. Não podemos ter falhas daqui pra frente, pois do contrário não conseguiremos finalizar essa instalação - disse Raña, causando constrangimento do comitê. A Vila abrigará seis mil atletas durante o evento.

Pelo lado mexicano, o presidente do Comitê Organizador, Carlos Andrade, garantiu ainda que o Estádio de Atletismo, outra preocupação da Odepa, estará concluído já em maio. Das 42 instalações que serão utilizadas em Guadalajara 2011, 29 estão prontas, e outras 13 estão em andamento, inclusive o Velódromo, que, em virtude de um erro de projeto, precisou ser refeito.

O Pan de Guadalajara tinha em seu programa 26 esportes olímpicos e mais nove esportes pan-americanos (beisebol,boliche, esqui-aquático, pelota basca, karatê, raquetebol,softbol,squash,rugbi). Serão ao todo 15 esportes classificatórios para os Jogos Olímpicos de Londres-2012. Ainda nesta terça, o presidente da Odepa anunciou que, por falta de segurança, a canoagem slalom não será disputada. O rio que serviria de palco para as provas fica em uma região fora de Guadalajara, onde criminalidade preocupa os responsáveis pelo evento.

Do Globoesporte.com

COI estuda a Proposta de Proibir Fogos de Artíficio nas Cerimônias dos Jogos Olímpicos

O Comitê Olímpico Internacional anunciou neste domingo que vai estudar a proibição de fogos de artifícios em cerimônias de abertura e encerramento de Olimpíadas. A preocupação é ambiental, relativa à emissão de gases na atmosfera.

- Não estou dizendo que vai acontecer, mas vamos estudar o assunto de maneira muito séria – afirmou Jacques Rogge, presidente do COI.

A proposta foi feita pelo chefe do Comitê Olímpico do Sri Lanka,Hemasiri Fernando que será um dos países mais afetados pelo aumento do nível dos mares, que sugere a realização de shows de raio-lasers para substituir os fogos. O COI, então, encomendou às autoridades do país um estudo mais abrangente sobre o impacto ambiental. Rogge afirmou que o assunto será discutido pela comissão de Meio Ambiente.

Essa pode ser a segunda grande alteração do protocolo da abertura dos Jogos Olímpicos,já que durante a abertura de Seul 1988 e as pombas que estavam em volta da Pira Olímpica foram cremadas no momento em que a pira foi acessa e várias entidades de defesa dos animais protestaram e desde então o lançamento de pombas foi vetado.

Mas,isso pode se tornar um assunto polêmico.Já que as cerimônias da tocha olímpica e as queimas de fogos se tornaram uma das marcas dos Jogos.È só lembrar do encerramento dos Jogos Olímpicos de Sydney'00 e da abertura dos últimos Jogos de Verão em Beijing há dois anos.

Os organizadores das Olimpíadas de Londres afirmaram que o tema ainda não foi discutido para as cerimônias dos Jogos de 2012.

Do Globoesporte.com

Esqueçam Laura Fontana,Porque Mariam Kakhishivilli é a nova Mini Lady Gaga



Não se tem palavras pra descrever isso

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

As 10 demissões mais estranhas da Tv Brasileira

10. Jackeline Petkovic - substituída por crianças
A loirinha que surgiu no programa Fantasia era prata-da-casa e comandava o infantil Bom Dia & Cia. desde 1998, até que em 2003 o SBT concluiu que sua presença no vídeo não causava impacto na audiência e decidiu a substituir por um casal de crianças,cujo salário seria mais baixo.

9. Luisa Mell - ciúme de colega teria causado demissão
Luisa Mell apresentava na RedeTV! um programa sobre animais, com boa audiência. A produção trabalhava para mais uma edição quando ela recebeu telefonema dizendo que não precisava mais comparecer à emissora. Começaram os boatos de que a demissão teria sido causada por sua colega Daniela Albuquerque, apresentadora do mesmo canal e atual mulher do presidente da empresa. Luisa havia sido namorada do empresário antes de Daniela, o que teria provocado sua saída.

8. Jorge Kajuru - demitido no intervalo
Em 2004, Brasil e Argentina iriam se enfrentar no Mineirão. Uma farra de ingressos distribuídos pelo governo de Minas para 10 mil convidados em camarotes vistosos, enquanto o povão se espremia tentando passar pelos portões estádio adentro. Kajuru entrou no ar em link do Jornal da Band mostrando a situação e foi elogiado pelo âncora Carlos Nascimento. Depois, no Esporte Total, Kajuru continuou cobrindo os bastidores do jogo, mostrando e denunciando diversos problemas na organização, além de tecer duras críticas às autoridades mineiras, pois a entrada para cadeirantes havia se tornado entrada VIP. Kajuru chamou o intervalo, mas na volta era outro o apresentador. O polêmico jornalista goiano foi afastado da condução do programa durante o break e, incrédulo, demitido na manhã seguinte da emissora.

7. Boris Casoy - uma vergonha federal
A credibilidade que Boris Casoy passava foi um fator para que a Record o tirasse do SBT e o levasse para apresentar o Jornal da Record. Até que, em 2005, decidiu se aproximar do padrão Globo de Qualidade, rescinde o contrato com o âncora. Em seu lugar entraria um casal de apresentadores que, acreditava a Record, aumentaria a audiência. Além disso, as constantes críticas à corrupção no Governo Federal e os misteriosos assassinatos de prefeitos do PT tornaram a emissora alvo de ameaças e retirada de publicidade estatal. Boris Casoy afirmou que sua saída teve como causa motivos políticos.

6. Soninha - demitida por causa da maconha
Soninha Francine, ex-VJ da MTV, comentarista de futebol e política, em 2001 apresentava o programa RG pela TV Cultura. Saiu na capa de uma reportagem da Revista Época com outras personalidades e a manchete "Eu fumo maconha". A TV Cultura, justificando-se como emissora pública, declarou não aceitar que seus funcionários manifestem publicamente práticas atentatórias às leis vigentes no país, sobretudo quando se trata de apresentadora de programa destinado ao público jovem. E rescindiu o contrato com Soninha.

5. Joelmir Beting - notícia pode; propaganda não pode

O veterano economista topou fazer propaganda do Bradesco em 2003 e foi demitido da Globo, na qual era comentarista dos telejornais. Diz uma máxima da emissora que os jornalistas não podem fazer propaganda em hipótese alguma. Falando nisso, foi o que motivou a saída de Sérgio Chapelin da Globo para o SBT, em 1983, pois estava interessado em faturar com publicidade e ser apresentador de auditório. Não deu certo, porque as propagandas foram vetadas de ser exibidas na Globo. O curioso é que Marília Gabriela é jornalista, vive fazendo comerciais e nunca foi mandada embora de nenhuma emissora.

4. Clodovil - demitido por falar demais
Clodovil sempre criou polêmicas por todas as emissoras nas quais passou. Em 2005, contratado da RedeTV!, apresentava A Casa É Sua, e dava opiniões sobre diversos assuntos,é claro com sem papas na língua. O programa que era ao vivo passou a ser gravado para tentar controlar, pela edição, a língua ferina do apresentador, que já havia detonado com Marta Suplicy, criticado o presidente da Bandeirantes Johnny Saad e abalado a própria emissora após criticar duramente sua estrutura e desentender-se com as principais estrelas da casaLuciana Gimenez e o Pânico. Mas quando Clodovil resolveu dar sua opinião sobre Luisa Mell, foi a gota d'água.Prever que Luísa Mell,quando a fama passasse se tornaria atriz pornô foi o pedido de demissão.


3. Adriana Colin - demitida por estar velha

Ex-modelo e cantora, Adriana participou do crássico Fantasia do SBT e desde 2002 fazia os merchans do Domingão do Faustão (papel denominado pela emissora de "apresentadora comercial").Foi demitida por estar "velha demais" para a função.Mas,continua contratada pela emissora para coberturas especiais.

2. Chacrinha - demitido por ser popular demais
O Velho Guerreiro saiu da TV Globo em 1972, mesmo com seu programa fazendo muito sucesso pela emissora. É que Boni e Walter Clark estavam iniciano o "Padrão Globo de Qualidade" e mudando o perfil da programação da emissora. Programas de auditório populares estavam com com os dias contados. O único sobrevivente foi Silvio Santos, que renovou contrato após negociar diretamente com Roberto Marinho. Dez anos depois, Chacrinha se sentiria vingado após ser recontratado pela emissora carioca com status de grande estrela.

1. Mariane - demitida por cortar o cabelo
A bela loirinha Mariane estreou na TV pelo SBT em 1989, no programa Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si com Mariane. Em 1990, passou a apresentar um infantil que levava seu nome e lançou um disco que fez muito sucesso. Tudo corria bem, mas no ano seguinte, após cortar o cabelo bem curtinho,$$ não gostou e simplesmente a demitiu, exatamente no dia do seu aniversário. Talvez,aquela demissão que seja a mais estranha dos 60 anos da Tv Brasileira.20 anos depois Mariane foi recontratada pela emissora para ser uma das cantoras de um dos quadros do próprio $$

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Bilu,o ET de Corginho coloca o Jornalismo da Record em maus lençóis

Comento com atraso, mas acho que ainda vale a pena, uma reportagem do programa “Domingo Espetacular”, da Record, exibida no dia 10 de outubro. O site da emissora resume muito bem o assunto em questão:

Urandir Fernandes de Oliveira, que se apresenta como paranormal e ufólogo, é líder de uma comunidade em Corguinho (MS), o Projeto Portal, que seria uma cidade refúgio, construída com orientações de alienígenas para proteger os habitantes de uma catástrofe prestes a atingir o mundo. A equipe do Fantástico Gené... digo, Domingo Espetacular foi passar um lindo dia para acompanhar as atividades do grupo e esteve diante do que seria um extraterrestre.

A reportagem dura 21 minutos ´(é sério) – uma eternidade em matéria de televisão. O ponto alto é a visita noturna ao local onde a equipe do programa tem um contato com Bilu, o tal ET. Bilu aparece a poucos metros da câmera. “Qual é a sua mensagem para a Terra?”, pergunta o jornalista. E Bilu responde, em português: “Apenas que busquem conhecimento”

O tom da reportagem é sóbrio. O Projeto Portal de Urandir que é incredulo e apresentado seriamente, em detalhes. Diversos participantes são entrevistados e o repórter narra o assunto com distanciamento, creditando todas as crenças e maluquices aos próprios membros.

Os últimos cinco minutos da reportagem são dedicados a desconstruir o que os primeiros 15 minutos mostraram. Dois peritos analisam as imagens de Bilu e dizem que claramente é uma fraude. Um ufólogo entrevistado classifica o Projeto Portal como “uma seita perigosa”. Um pesquisador diz que a comunidade é uma espécie de religião e o ET seria aquele que traz “a revelação”. E uma ex-frequentadora diz que aquilo é “um embuste”.

No último minuto, o repórter diz que Urandir, em 2000, foi indiciado por estelionato e falsidade ideológica, acusado de vender ilegalmente terrenos em Corguinho. E encerra a reportagem sem uma conclusão, deixando a missão ao espectador.

A reportagem parece tecnicamente perfeita. O problema que vejo está justamente aí: tratar com seriedade e dar verniz de respeito a um assunto sem sentido nenhum. Afinal,o jornalismo da Rede Record é conhecido por fazer todas as formas discaradas de sensacionalismo para ter resultados a curto prazo.

Mas há um outro problema, e quem o levantou foram os integrantes do Projeto Portal. “A Record não honrou os seus acordos e não divulgou o que o extraterrestre pediu”, diz um vídeo da comunidade que mostra bastidores da reportagem não exibidos no “Domingo Espetacular”. Segundo estas imagens, Bilu pede para apertar a mão de uma pessoa identificada como Cristiano,o produtor da emissora, mas ele se recusa.

No curioso diálogo entre Bilu e Cristiano, exibido no vídeo do Projeto Portal, o ET de Corguinho pede que o jornalista se aproxime, mas ele prefere se manter à distância. Na reportagem exibida pela Record, ao contrário, o repórter informa que “a distância permitida não foi suficiente para imagens de melhor qualidade”. Procurada por este blogueiro, a emissora credita a contestação a um “tom crítico” da reportagem.

Ao levar a sério o ET de Corguinho, a Record acabou se envolvendo na mesma polêmica da Weslian Roriz no debate da Globo.

A Record pretende fazer uma grande cobertura dos Jogos Pan-Americanos em sua emissora principal e na Record News.

A Record pretende fazer uma grande cobertura dos Jogos Pan-Americanos e tentar apagar o vexame das Coberturas dos Jogos Olímpicos de Inverno,Jogos Sul-Americanos e Jogos Olímpicos da Juventude em sua emissora principal e na Record News.

Para isso, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a emissora estuda a possibilidade de enviar uma comitiva de 200 profissionais para a cobertura da competição, que será realizada em Guadalajara, no México, em 2011. Ao todo, serão 110 profissionais da equipe técnica, além de 90 jornalistas. Mais uma vez, a transmissão deverá ser ancorada por Mylena Ciribelli.A emissora mais uma vez será afetada pela questão do fuso-horário já que Guadalajara está a 4 horas a menos do que Brasília.E provalvelmente as transmissões dos principais eventos serão cortadas pela programação da Igreja Universal


Até o momento, a Record é a única emissora que detém os direitos da competição em todas as plataformas. Entretanto, a rede está em negociações avançadas com a direção da Globosat para repassar os direitos de transmissão do evento na TV paga para o SporTV.

E agora a situação na emissora não anda das melhores.O empresário Luiz Calainho está fora do "Ídolos", da Record. Ele decidiu não renovar seu contrato com o programa, onde participou como jurado nas últimas três temporadas.

O ex-jurado decidiu sair do "Ídolos" para poder dar mais foco aos seus negócios, que, segundo ele, têm crescido velozmente.

Luiz Calainho é sócio de dez empreendimentos nas áreas de mídia e entretenimento, que fatura cerca de R$ 68 milhões por ano. Seu grupo, a L21 Participações, conta 28 sócios.

A Record procura um novo jurado para entrar em seu lugar na temporada 2011 do "Ídolos". Recentemente, comentou-se que a emissora foi atrás de Thomas Roth, jurado de programas do SBT que negou o convite.

E a novela fo JESC continua...

A edição 2011 do Eurovision Junior corre risco de ser cancelada, afirmou a chefe da delegação da Armênia, Diana Mnatsakanyan.Mnatsakanyan declarou que , "a maioria dos países não quer participar do festival por diversos motivos, como problemas financeiros ou que as crianças não devem passar por tal stress".

Ainda não há uma decisão clara se o JESC vai continuar ou não, cujo futuro será decidido no próximo mês. A EBU fez um convite formal para o C1R da Rússia para sediá-lo mas até agora nenhuma decisão foi tomada e, como nenhum outro país quer, eles fizeram uma proposta inédita para que a BRTC organize o festival por dois anos seguidos.

Do esckaz.com

O que acontece com o JESC ?

O Festival da Canção Eurovision Junior acontece desde 2003.Há aqueles que gostam e o odeiam.Mas,se tornou normal que entre os países participantes que sejam registrados baixos níveis de audiência (são contadas nos dedos as execeções) e estas nos mostram que haja algo de errado nesse evento e que deve ser um saco assistir.


FALTAM PARTICIPANTES ?
É verdadeiro que as desistências da Espanha,do Reino Unido,da França,da Grécia e da Noruega,aonde ao contrário do festival adulto não há popularidade do concurso e os fãs já tem seu mundo eurovisivo.Será que isso tem haver com as chances do país não chegar ao triunfo ?,ou o então politicamente correto que domina a Europa ?.Afinal,a retirada francesa em 2005 foi alegada graças a vitória da Espanha no ano anterior,com uma música que era considerada uma "ode ao consumismo exacerbado".

PAÍS SEDE

Outro problema relacionado ao Eurovision Junior é o fato de que o país organizador não é aquele que ganhou no ano anterior ao contrário do concurso adulto. Isso é claro já que causa indiferença na população dos países participantes.A EBU tem o pensamento ultrapassado de que não quer causar maior pressão nas crianças,fato de que as próprias crianças desdenham nos bastidores.Durante o evento,você não percebe isso assistindo as tomadas durante a votação.Eu já li em vários blogs especializados que existe sim essa pressão e as crianças são tratadas como escravas.Essa postura vem vem de determinado país da Europa Oriental,aonde as crianças são tratadas como escravas por sua equipe e infelizmente há uma clara diferença de necessidades e de condições entre as crianças do Oeste e do Leste.


AS MÚSICAS
Durante o pré-concurso sempre aumentam as dúvidas se as crianças escreveram suas músicas (como as Regras da EBU mandam) ou foram usadas por produtores ou suas televisões nacionais e algumas soam tão profissionais que você claramente percebe que não foram escritas por elas. Nesse ponto eu não tenho discordância. Por exemplo,segundo um colunista de um site especializado que esteve no backstage de uma das edições anteriores do concurso e conversou com vários participantes,confirmou todos esses rumores de que algumas músicas não eram nem escritas pelas crianças e tinham seus nomes colocados como compositores. Do outro lado,a EBU coloca nas regras (e nao é mentira) que as crianças podem escrever a música e enviar,e que um produtor profissional pode "melhorar" a música.


IDIOMAS
Tenho que admitir que há uma regra que gostaria que retornasse ao concurso adulto,a que o idioma oficial de cada país seja a língua da música,o que é obrigatório no concurso infantil.É normal ver que a vencedora do concurso é sempre uma língua diferente.

VOTAÇÃO
Problemas com a votação foram sempre suportados pela EBU.Problemas com o televoto da diaspóra também se tornaram com o tempo uma dor de cabeça para a EBU e várias tentativas foram feitas para diminuir o efeito como abrir as linhas desde o primeiro momento até o retorno dos júris.Mas,em tempos atuais sabe-se que a função do júri é minimizar o impacto dos votos da diaspora e valorizar as músicas.Mas,do que justo numa Europa unificada e com condições iguais a todos.Mas,se tornou claro que corre o risco de que no concurso infantil o júri é manipulado (e todos sabemos que isso é descarado) é que é mais facil votar baseado em sentimentos de nacionalismo e de compaixão.É só lembrar a vitória da Géorgia em 2008,poucos meses após a Guerra da Ossétia do Norte.


É BREGA
Ao assistir durante sete anos esse evento,você não vê nada de novo na maioria das edições. Na maioria das edições você não vê nada de nacional nos cartões postais,sempre assistimos as mesmas tomadas,as mesmas sequências e os mesmos ângulos ,uma linguagem visual e o placar igual.Nada exitante,nada novo,tudo é tudo é em um formado pré fabricado feito para todos aqueles países que estão sediando.As execeções desse estilo foram os três primeiros e o do ano passado.

FALTA DE INTERESSE NAS CRIANÇAS
O show em si não dá atenção para as crianças. E como esse conceito mudou? Me desculpem os fãs do concurso,mas não trabalho para a EBU,mas eu sinto que querem fazer um show feito para as crianças e tenho certeza de que eles tem pessoas inteligentes e criativas para isso.


FALTA DE ESTRELAS
Com uma idéia original de colocar as Sugababes como intervalo na primeira edição em 2003 e o Westlife em 2004,grupos que estavam no seu auge naquele ano.Os intervalos vem ficando fracos e chatos e tem sido más escolhas . Em 2006 a Romênia usou Mihai Traistariu (2006) como abertura e intervalo. No ano passado Ani Lorak (2008) foi uma excelente escolha para apresentar e ser o intervalo e confesso que assisti o Festival por causa dela.Mas,porque não existe essa interação entre o vencedor do ESC e do JESC? Deve ser porque em anos recentes,o vencedor do ESC é de um país que não tem interesse nenhum no JESC.


TOTAL
Você percebe que o show não tem futuro e que desgastou em pouquíssimo tempo. Se todo ano tiver 13 participantes,a audiência cai e isso é fato. Em 2006,apenas 6 representantes da mídia estavam registrados para cobrir o show. Todos estes gastos atualmente não são bem feitos,os países não promovem o concurso e a curto prazo esquecem seus participantes e ninguém no ano seguinte lembra. Esse evento será cancelado a curto prazo se as mudanças não forem feitas,o mais rápido possível. E somente um site dos BIG4 da internet eurovisiva o cobre e espera que a EBU tome conhecimento de que os fãs estão descontentes com o andar da carruagem.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

E as águas correm: Será que vão substituir o candidato da Esperança Renovada de Novo ?

Do Correio Braziliense: 10h59 de domingo,faltando duas semanas antes do segundo turno das eleições. Toca o telefone de Alberto Fraga (DEM), o ex-braço direito de José Roberto Arruda que tentou voo solo no primeiro turno, não obteve o apoio do partido, enquadrou-se, disputou e teve uma derrota ressoante para o Senado na chapa de Roriz. “Oi, Fraga, é o Rogério (Rosso), tudo bom?”, cumprimentou o governador, aquele que está no cargo desde abril, eleito indiretamente, que também tentou se candidatar ao governo, levou um chega pra lá do PMDB e juntou-se a Roriz. “Tudo bem, o que você manda?”, perguntou Fraga. “É só uma sondagem, por enquanto. Mas o que você me diria de substituir dona Weslian na campanha?”, disse Rosso.

E o que era “apenas uma conversa banal” vazou e mobilizou as duas campanhas em torno do que, ao longo do dia, evoluiu de cara para a especulação. Seria possível, nesta altura do campeonato, a substituição de candidatos? Sem ter certeza sobre o convite e a viabilidade legal da troca, Fraga se colocou a postos: “Sou um soldado da coligação, faço de um tudo para evitar que a corja do PT ganhe essa eleição.Topo ser o candidato desde que o convite seja formal”.

Até o fechamento desta edição, nada de oficializações. O que não quer dizer que a hipótese não possa se tornar um fato. A provavél substituição de Joaquim Roriz por dona Weslian foi mantida em segredo até a última hora. Ela foi o plano B da coligação, que ontem deu sinais de que pode avançar no alfabeto e recorrer a mais uma opção.

Em situação de desvantagem para o petista Agnelo Queiroz, que hoje ganharia as eleições com uma margem de 20 pontos, segundo o que estão indicando, integrantes do grupo de Roriz pensam em uma alternativa rápida. O telefonema de Rosso para Fraga ocorreu no fim da manhã. No início da tarde, a informação já circulava entre integrantes do PMDB partido que está entre os dois lados,o apoio oficial (o de Tadeu Filippelli) está na coligação de Agnelo enquanto o outro que é informal (de Rosso) na campanha de Weslian Roriz.

Ao saber que a conversa havia vazado, Rosso fez novo contato com Fraga: “Você comentou com alguém a história da troca?”. Aí, Inês já era morta. A hipótese de tirar Weslian e colocar Fraga já era assunto no Twitter. “Como assim, substituir?”, espantou-se o consultor-geral do Senado Bruno Dantas. “E pode?”, perguntava RalphWaldo Rangel de Goiânia. Dilma Almeida arriscou palpite: “Isso é método conhecido como tentativa e erro, só não conhecia ainda sua aplicação na política.” ”Não é só em caso de morte?”, questionou Rubens Silveira.

Tantas perguntas alimentaram o debate jurídico que prosperou na rede social, enquanto os coordenadores do grupo de Roriz ainda tentavam entender a tal conversa sobre troca dos candidatos. O internauta Celso Ferreira citou o artigo 77, parágrafo 4 da Constituição Federal, que regula as hipóteses de substituição: “Confira o que diz o dispositivo: ‘Se antes de realizado o segundo turno, ocorrer morte, desistência ou impedimento legal de candidato, convocar-se a acute;, dentre os remanescentes, o de maior votação’”. Bruno Dantas prosseguiu, lembrando a Consulta nº 14.340/1994 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que, segundo alertou, abre precedentes para a eventual mudança.

Eis que entra no debate o próprio governador Rogério Rosso, autor do telefonema que esquentou a tarde de campanha na capital. Em 140 toques, Rosso disse: “Estão fazendo tempestade em copo d’água. Fraga e eu somos amigos e conversamos sempre”.

Faltou espaço para mais justificativas e Rosso prosseguiu em outro post: “Disse a ele que dona Weslian é muito querida e correta e que não merece o que alguns estão fazendo contra ela: chacota, piadas”. Mais uma twittada: “E que cabe somente à coordenação da campanha qualquer encaminhamento sobre qualquer questão”.

À essa altura, Fraga já estava estudando os argumentos de um hipotético debate: “Agnelo não tem consistência. Eu acabaria com ele no primeiro debate”. E o coordenador de comunicação da campanha de Weslian, Paulo Fona, às voltas para negar o impossível: “Que loucura é essa, quem ligou para quem? Isso não existe. Não há nenhuma possibilidade de substituição de dona Weslian”. Foi apoiado pelo vice de Weslian, Jofran Frejat (PR), que considerou a história “mais uma sabotagem da campanha”.

No ínicio da noite, Roriz acabava de chegar a Ceilândia, onde participaria de compromisso de campanha com a mulher. Ele revela: “Recebi um telefonema. Amanhã (hoje), o Gim Argello vai ser cassado, o Agnelo vai ter de assumir o Senado e a Érika Kokay vai ser a candidata do PT”.

E, se a previsão de Roriz der certo,um internauta identificado como Públio Madruga deixa a dúvida no ar: “Então vamos ter um segundo turno com Érika e Fraga?”

Há possibilidade de o Tribunal Superior Eleitoral julge nos próximos dias o processo do PCdoB contra Joaquim Roriz das eleições de 2006, quando o ex-governador se elegeu senador pelo Distrito Federal, concorrendo com Agnelo Queiroz (PT), o grupo de campanha do petista diz que Agnelo não irá de forma alguma assumir a vaga no Senado, caso o PCdoB ganhe a ação. A intenção é deixar o candidato ao GDF focado na campanha de segundo turno e, depois disso, no governo de transição em caso de vitória petista nas urnas.
Neste caso, assumiria os últimos quatro anos de mandato o suplente de Agnelo naquela eleição, Messias de Souza.

Até porque, caso decidisse ser senador, Agnelo cairia no mesmo impedimento existente para Weslian Roriz - por lei, não pode haver substituição de cabeça-chapa no segundo turno sem motivos fortes como morte ou afins. Então, em tese, nem sairia Weslian para entrar Alberto Fraga nem sairia Agnelo para entrar outro nome petista, como da deputada Erika Kokay.


Até porque, caso decidisse ser senador, Agnelo cairia no mesmo impedimento judicial existente para Weslian Roriz - que por lei, não pode haver substituição de cabeça-chapa no segundo turno sem motivos fortes como morte ou afins. Então, em tese, Weslian não sai para entrar Alberto Fraga nem sairia Agnelo para entrar outro nome petista, como da deputada Erika Kokay.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Kündigte die Gastgeberstadt des Eurovision 2011. Nächster Halt ist Düsseldorf

Se você não está entendendo o que está lendo,calma !

Se traduzirmos para o Português fica assim :

Anunciada a cidade-sede do Eurovision 2011. A Próxima Parada é Düsseldorf

Após um longo processo de candidatura, foi anunciada nesta tarde a cidade-sede do Festival Eurovisão da Canção 2011! A decisão final foi tomada a poucos momentos atrás, e aprovada pelo o Grupo de Referência da EBU. E finalmente pode ser anunciada,o Eurovision de 2011 Düsseldorf,na Megalópole do Reno.

O próximo festival será na Fortuna Arena,que tem uma capacidade máxima de 54.400 pessoas. Devido ao espaço necessário para as instalações de palco e técnica, da capacidade para o Festival Eurovisão da Canção será reduzida para 65% de sua capacidade - por volta de 24.000 espectadores podem assistir a cada um dos três shows ao vivo e alguns dos ensaios. A arena está localizada dentro de cinco quilômetros do Aeroporto Internacional de Dusseldorf, bem como do centro da cidade.

Quatro cidades estavam na disputa para sediar o Festival Eurovisão da Canção 2011, Berlim, Düsseldorf, Hamburgo e Hannover. Nos últimos meses, cada cidade fez um trabalho extraordinário para oferecer a ARD e União Europeia de Radiodifusão as melhores condições possíveis para organizar um evento inesquecível, em maio de 2011.
Como no festival, apenas um pode vencer. Após uma análise detalhada e visitas de avaliação às quatro cidades, uma série de desafios práticos tiveram de ser superadas. Uma vez que todos os desafios foram resolvidos, o anúncio oficial pode ser feito imediatamente.

"Berlim, Hamburgo e Hannover tinham propostas muito criativas e elaboradas. Todas as cidades estavam trabalhando duro e dedicadamente para sediar o Eurovision. Para este compromisso, os meus agradecimentos são dadas para Berlim, Hamburgo e Hannover pela equipe da NDR", concluiu Schreiber.

O diretor geral da NDR Lutz Marmor disse : "Düsseldorf doze pontos - a capital da Vestifália do Norte oferece as melhores condições para o Festival Eurovisão da Canção.Dou os Parabéns para Düsseldorf - e cordialmente agradeço as outras três cidades para as outras candidatas.Todas com conceitos atraentes ".

O chefe de produção da NDR Thomas Schreiber,declarou que: "A proposta de Düsseldorf foi marcante, principalmente, com a capacidade da arena que terá 24.000 espectadores para os três shows e os ensaios. Era importante para nós que o estado membro da UE mais populoso oferecesse uma espaço que englobasse não só os fãs do país, mas também dos países vizinhos, o espaço, na experiência deste evento ao vivo. Como parte da área metropolitana Reno / Ruhr, a cidade tem uma vasta área urbana atingindo até mesmo os países vizinhos como a França,a Bélgica e Holanda. "

Segundo a equipe de produção, as condições para uma produção televisiva com mais de 40 países participantes são "excelentes". A arena tem uma acústica perfeita e proporciona bastante altura e espaço nos bastidores para as alterações do cenário em pouco tempo entre as músicas.Os jornalistas terão ótimas condições de trabalho na arena de esportes vizinha.

Sobre Düsseldorf

Enquanto a cidade de Düsseldorf, só tem cerca de 600.000 habitantes, está localizada perto das fronteiras com a Holanda e a Bélgica, e está na Megalópole do Reno/Ruhr, a casa de mais de 10 milhões de pessoas. Estão a menos de 100 km cidades como Bonn, Aachen, Côlonia e Dortmund. Além do aeroporto de Düsseldorf, que se conecta a praticamente todos os principais aeroportos na Europa, existem várias outras maneiras de chegar a Düsseldorf. Uma das alternativas é pegar um vôo até Colônia,e pegar um trêm que fica a apenas 40 minutos de trem de Düsseldorf.

Düsseldorf é ...

* ... Cidade-irmã de Moscou, sede do Festival de 2009;
... *, Localizado na margem leste do rio Reno;
* ... A capital da propaganda alemã e da indústria da moda, famosa por sua academia de arte e dos museus;
... * Cidade com a sexta melhor qualidade de vida do mundo;
... * Famosa por sua torre de televisão,aonde está o maior relógio digital do mundo;
* ... A cidade da cerveja com 250 bares e restaurantes lado a lado localizados na Cidade Velha.

"Por que demorou ?"

Muitos fãs do festival estavam perguntando ao site oficial: "Por que estava demorando tanto tempo para escolher a sede do próximo festival?"

Sietse Bakker, Gerente de Comunicações e PR do Eurovision,explicou hoje quais foram os motivos da demora

"Pela primeira vez em muitos anos, nós nos encontramos numa situação de luxo,já que há um país com várias cidades em condições de sediar o evento .Ao contrário dos anos anteriores aonde somente a capital do país organizador ou então a maior cidade do país,tinha a capacidade hoteleira e infra-estrutura técnica para sediar um evento tão grande como o Eurovision. Na Alemanha, há muitas cidades que tem as condições necessárias.Em vias disso,a NDR teve que organizar um processo de escolha e assim, conseguiu encontrar as circunstâncias mais ideais para sediar a competição na Alemanha, que preenche o interesse de todos ".

Uma breve apresentação da Cidade



Traduzido do Eurovision.tv

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Eike Batista declara guerra contra a Record

O empresário Eike Batista resolveu bater de frente com a Record. A emissora levou ao ar no programa Domingo Espetacular uma reportagem que criticava a personalidade do bilionário, afirmando que Eike vive 'sob intensa pressão, sob a fúria dos ambientalistas e denúncias de fraudes…'

Ao ser informado da reportagem, o empresário se manifestou em sua conta no Twitter no dia Primeiro de Outubro.

'Quer dizer que agora é a Record que quer um duelo! Assim seja! Quanta Mentira irracional, vou mostrar ponto a ponto os erros maldosos!', escreveu.

'Me aguardem porque a Twittolandia + todas midias sociais, Youtube vão ser usados! Vai ser divertido! Não acho que o Bispo Edir Macedo sabe com quem ele foi se encrencar!', completou Eike.

Em seguida, o empresário postou um texto em que afirma que suas empresas empregam 19 mil pessoas e que investirão 'R$ 27 bilhões no país até 2012'.

A corda pode estourar para a Record,já que algumas condições financeiras reforçam o caso. Se forem levar em consideração as maneiras que ele pode usar contra a emissora, a Record não está em maus lençois...Mas poderá deixar de $$$$$$, nada que a Igreja Universal possa cobrir com seus cultos.

Segundo o empresário, que tem 27 bilhões de dólares em bens materiais, ele fará uso de meios virtuais, como redes sociais e Youtube, mas poderá também usar de meios como:

- Se negará a comprar cotas publicitárias na emissora,podendo reduzir os lucros do setor da emissora.

- O Grupo EBX é a maior patrocinador (depois do próprio governo federal e suas estatais) das Olimpíadas de 2016, o que dificultará a Record neste meio.O que pode ser a segunda derrota da emissora relacionada ao evento.Já que perdeu a exclusividade dos direitos de mídia para o pool Globo+Band.

- Estavam havendo negociações entre a emissora e o empresário para que ele apresentasse a segunda versão brasileira do Quem quer ser milionário? e agora esta possibilidade está nula.

É claro que isso são apenas suposições, e pode piorar.Apesar de que se as duas primeiras se concretizassem, já vai ser suficiente para anular as tentativas da possibilidade de melhorar a imagem que a emissora tenta melhorar em sua disputa pelo primeiro lugar no IBOPE.

Agora o que é praticamente certo.É dado que a emissora dos bispos, além de perder um pouco de prestígio no meio virtual (as tentativas com o portal R7 e o programa Legendários estão indo em vão).Já que os dois estão respondendo processo por danos morais e materiais à Eike.

É aguardar e ver que fim vai o desenrolar desta história, que poderá contar com apoio da Folha de São Paulo e da TV Globo (que devem receber $$$$ em suas disputas por direitos com a Rede Record,vindos de Eike).

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Maratona de Londres-2012 não irá terminar no Estádio Olímpico

O comitê organizador dos Jogos Olímpicos de 2012,o LOCOG confirmou a alteração da rota da maratona dos próximos Jogos, que começarão e terminarão no centro da capital britânica ao contrário dos últimos Jogos que terminaram no Estádio Olímpico.Além de Londres,somente Roma`60 não teve a conclusão da maratona no estádio.Isto também não irá acontecer no Rio de Janeiro em 2016,quando a maratona irá terminar no Sambadrómo.

“Nosso objetivo primordial como comitê organizador tem que ser oferecer as sedes mais adequadas para os atletas, para os espectadores e para a cidade que abriga os Jogos”, explicou nesta segunda-feira o presidente do comitê, Sebastian Coe.

A maratona, que terá cerca de oitenta atletas, acontecerá em um circuito fechado para que os espectadores possam ver os corredores várias vezes e obrigará, em alguns trechos, a passar por pontos turísticos da cidade.

Embora os representantes de Londres 2012 tenham admitido nesta segunda que o estabelecimento de uma nova rota para a maratona olímpica foi uma das decisões mais difíceis dos jogos e,que finalmente, a corrida será feita nos lugares mais simbólicos da cidade.

Com as alterações, a prova terá a largada e chegada em frente ao Palácio de Buckingham e terá três voltas pelo centro da cidade.

A largada acontecerá na frente do Palácio de Buckingham, passando em seguida pelo Parque St. James, depois seguirá para marcos e pontos turísticos de Londres, como a Catedral de St.Paul, a Roda do Milênio, o prédio do Banco da Inglaterra e a Torre de Londres. O trajeto inicial levava até o Estádio Olímpico que é distante do centro da cidade.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Brasil é candidato para sediar o Mundial de Basquete Feminino de 2014.

SÃO PAULO - A Federação Internacional de Basquete (Fiba) anunciou nesta quarta-feira que o Brasil, a Austrália e a Turquia são os países candidatos a sediar o Mundial feminino de 2014 da modalidade.

Os três aspirantes entregaram a documentação sobre o interesse de organizar a competição antes de 31 de julho, data limite imposta pela entidade, e poderão defender sua candidatura até março de 2011, quando o Comitê Central da Fiba revisará os projetos e tomará uma decisão.

Carlos Nunes, o presidente da CBB (Confederação Brasileira de Basquete) confirmou a intenção.

- Nós manifestamos interesse em sediar e o Mundial. O próximo passo é esperar o caderno de encargos, que será entregue pela Fiba. Depois de analisá-lo, confirmaremos ou não o pedido. Em caso positivo, então decidiremos as cidades que receberá o evento.

A provável sede do torneio no Brasil será o Rio de Janeiro pelo fato de ter 3 arenas prontas para sediar o torneio (Maracanãzinho,Arena Olímpica e o COT que será construido para as Olímpiadas de 2016).

O Brasil é o país que mais sediou o torneio entre mulheres, quatro vezes, em 1957,1973,1971 e 2006.Além disso, organizou dois Mundiais masculinos e um sub-19.

A Austrália já organizou a competição feminina de 1994, ano do único título da seleção brasileira.

O outro concorrente, a Turquia, sediou o Mundial masculino entre 28 de agosto e 12 de setembro deste ano, além de já ter sediado dois Campeonatos Europeus.

A Fiba também anunciou que França, Irã e Lituânia mostraram seu interesse em receber o Mundial Sub-17 masculino, enquanto o último país também aspira ao feminino da categoria juntamente com outros 3 candidatos: Romênia, Sri Lanka e os Países Baixos.

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Em enquete, Agnelo vence debate em que Weslian foi a "atração principal"

Enquete promovida pelo site do Correio Braziliense registrou 4,4 mil votos. Para mais da metade dos internautas, petista levou a melhor sobre os demais candidatos ao Palácio do Buriti. No dia seguinte ao encontro, o desempenho deles dominou as conversas pela cidade.

Assunto único na cidade. Nas rodas de bate-papo, nas redes sociais on-line, no cafezinho do trabalho, nos bares, em quase todos os cantos do Distrito Federal as pessoas comentaram o mesmo tema: o debate televisivo entre os candidatos ao Palácio do Buriti realizado na noite de terça-feira. A quatro dias das eleições, o encontro entre os quatro principais concorrentes ao governo local mobilizou a população, interessada em conhecer as propostas de cada um. Entretanto, a estreia conturbada de Weslian Roriz (PSC) foi o fato que mais chamou a atenção dos eleitores.

O Twitter concentrou na internet a maior parte das manifestações populares (leia comentários ao lado). Logo após o debate, a ex-primeira-dama chegou a liderar os trendings topics em nível mundial— lista dos termos mais comentados na rede social — e, durante toda a quarta-feira, permaneceu na quarta posição nacional. A mulher do ex-governador Joaquim Roriz (1) chegou a superar a cantora pop norte-americana Britney Spears, que participou de um episódio especial de Glee.

Além da candidata, participaram do debate da Rede Globo Agnelo Queiroz (PT), Toninho do PSol e Eduardo Brandão (PV). Mais acostumados ao ritmo dos programas, os homens evitaram confrontar a adversária. “Eu fiz questão de respeitá-la. É uma senhora”, disse Brandão. Segundo o cientista político David Fleischer, a estratégia de poupar a ex-primeira-dama refletiu o medo de uma reação negativa no telespectador. “Se atacassem demais, ela poderia acabar saindo como vítima. Mas ninguém precisou fazer isso, porque ela mesmo conseguiu se complicar”, afirmou.

O efeito mais temido pelos candidatos é de repetir o memorável debate realizado, em 1998, entre Cristovam Buarque (na época pelo PT) e Joaquim Roriz (então pelo PMDB). O petista buscava a reeleição e encontrou um “frágil e simples” oponente, que não conseguia se expressar direito e engasgava ao pronunciar palavras como “catástrofe”. Para muitos, Cristovam tripudiou do oponente e o episódio ajudou Roriz a virar o jogo e a conquistar a vitória nas urnas. Para o cientista político, o ex-governador não precisava expor a esposa. “Foi uma estratégia errada levá-la ao programa. Poderia ter evitado o vexame”, avaliou Fleischer.

Na maioria das respostas, Weslian preferiu não usar todo o tempo e chegou a desperdiçar mais de um minuto e meio ao encurtar um comentário. Em outro momento, em vez de responder a uma pergunta sobre transporte, feita por Agnelo, resolveu fazer um novo questionamento ao petista. A confusão atrapalhou a mediadora, a jornalista Cristina Serra, e os candidatos. Devido aos erros da estreante, o programa teve de ser readaptado nos últimos blocos. “Fiz o maior sacrifício para ir ao debate. Parecia que ia para a forca defender o meu marido”, comentou Weslian, ontem, em evento de campanha.

A candidata ainda se perdeu em meio aos papéis preparados pela assessoria e fez perguntas confusas aos outros candidatos. Em outro momento atrapalhado, ela chegou a dizer que pretendia “defender toda a corrupção” para, logo depois, se corrigir. “Lamentavelmente, tivemos a participação fora do tempo, que quebrou a linha de discussão dos outros debates”, avaliou Brandão. “Ela cumpriu seu papel como mulher, mas como candidata não consegue representar a coligação”, disse Toninho.

Embates
Temendo enfrentar a mulher de Roriz, os outros candidatos trocaram acusações entre si. Brandão e Toninho distribuíram farpas diante das câmeras. O representante do Partido Verde questionou o concorrente sobre a passagem dele no governo petista de Cristovam Buarque, entre 1995 e 1998, e um suposto uso da máquina pública para a contratação de petistas. “O Eduardo Brandão está desinformado”, disse Toninho, para depois lembrar que o adversário foi condenado por falência fraudulenta de uma empresa familiar. “O Toninho é o típico político que não aceita críticas, mas todos temos virtudes e defeitos. A gente acaba dando umas cotoveladas um no outro”, disse Brandão, na tarde de ontem.

Agnelo também enfrentou tentativas de saias justas Mas,se sobresaiu. Toninho questionou se o ex-governador José Roberto Arruda (sem partido) votaria no petista. “Quem quiser votar em mim, pode votar. Mas será um governo da ética e da transparência”, disse. Depois de outra confusão, Weslian declarou a fé católica e quis saber se Agnelo era a favor do aborto. “Sou médico, defendo a vida. Não adianta tentar fazer confusão de pessoas que usam o nome de Deus para fazer qualquer tipo de maracutaia nessa cidade”, rebateu o ex-ministro do Esporte.

Para os últimos debates, o candidato petista se preparou durante dois dias com a jornalista Olga Curado, especialista que também treinou Dilma Rousseff (PT). Ontem, ele criticou os adversários que utilizaram o espaço para fazer ataques em vez de discutir propostas. Ele disse que oponentes sem conteúdo preferem “inventar mentiras e difamações”. Apesar das alfinetadas recebidas, o petista afirmou que tratará a ex-primeira dama com cordialidade no debate de hoje. Na opinião de Agnelo, o que Roriz está fazendo com a mulher é uma maldade. “Ele está usando uma espécie de barriga de aluguel. Renunciou da Justiça e das urnas e agora coloca a mulher para o substituir em vez de buscar votos”, afirmou.

1 - Desistência
O ex-candidato do PSC desistiu de concorrer ao Palácio do Buriti após empate, no dia 23, do julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a impugnação da própria candidatura. O ex-governador foi enquadrado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do DF com base na Lei da Ficha Limpa por ter renunciado ao mandato de senador para fugir de cassação. Sem a resposta do STF, Roriz decidiu lançar a mulher em seu lugar. Entretanto, a candidatura de Weslian sofre resistência do Ministério Público do DF e deverá passar, sábado, pelo crivo do TRE-DF.

Último confronto

Durante a campanha eleitoral, que teve início em julho deste ano, os candidatos ao governo do Distrito Federal já participaram de quatro debates televisivos. A quinta e última discussão está prevista para hoje, a partir das 11h30. Será organizado por uma emissora de televisão, no Setor de Rádio e TV Sul. Em todos os programas, os quatro principais aspirantes ao Palácio do Buriti estiveram presentes. No último deles, transmitido na noite desta terça-feira, o ex-candidato Joaquim Roriz (PSC) foi substituído por sua esposa, Weslian, também do mesmo partido.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A Vila dos Jogos da Commonwealth está pronta,mesmo após incidente com uma cobra...

Uma década e meia após o hit do Tchan,que falava que a Carla Perez fazia a cobra subir e a "sena" da Xuxa com a cobra que virou assunto no twitter.Uma serpente vira mais um capítulo naquela que é a mais malfada edição dos Jogos da Commonwealth da história.

Do Inside The Games

27 de setembro - Os organizadores do Jogos da Commonwealth de 2010 em Délhi prometeram que a muito criticada Vila dos Atletas será totalmente limpa e estará em condições operacionais nesta quarta-feira - apesar de uma serpente mortal ser encontrada no quarto de um atleta sulafricano.

No entanto, a notícia de que uma cobra venenosa tinha sido encontrada em um quarto foi relatada algumas horas depois de que uma cobra de três e meio metros foi vista entrando pelo ralo em um vestiário no estádio de tênis e deixou muitos membros do Comitê da África do Sul,principalmente o alto comissário Harris Mbulelo,que ficou extremamente preocupado.

"Temos preocupações muito graves", disse ele.
"Se acham cobras, não podemos pedir aos nossos times para ficarem lá".
"É realmente uma ameaça para as vidas de todos os nossos atletas."

Mas,a ministra-chefe de Délhi 2010, Sheila Dikshit negou os incidentes, prometendo que a Vila estará totalmente pronta na quarta-feira, apenas quatro dias antes da Cerimônia de Abertura em 03 de outubro.

Dikshit disse: "Nós herdamos uma situação muito difícil, mas que está melhorando em cima da hora.

"Todo mundo tem se dedicado ao trabalho em tempo duplo e vamos fazê-lo."

Dikshit também criticou o presidente-executivo da Federação Jogos da Commonwealth (CGF), o neozelândes Mike Hooper após as critícas pesadas dos organizadores e dizendo que ele tinha feito "um comentário desagradável e muito pouco diplomático".

No entanto,o Presidente da CGF Mike Fennell passou a defender Hooper, que afirmou no início desta semana que a Índia "simplesmente não entende, ou parece aceitar a magnitude do problema".

Fennell afirmou que Hooper enfrentou um "ataque cruel e totalmente injustificado" da mídia.

Fennell disse: "Longe de qualquer comentário emotivo, o Sr. Hooper se limitou a afirmar o real fato de que a responsabilidade pela prestação e exploração dos jogos está com autoridades indianas, conforme o contrato de cidade-sede assinado em 2003."

Délhi,se candidatou para os Jogos da Commonwealth de 2010 como uma oportunidade para a Índia para se retratar como uma potência em ascensão global, mas teme constantemente com a saúde e segurança, as alegações de corrupção e ameaças de boicotes de alto perfil parece que irão anular todos esses planos.

Em vez disso, a Índia enfrenta uma grande luta para sediar uma edição bem-sucedida, com custos crescentes para o evento que alcançaram um custo estimado de US$ 16 bilhões (R$ 27,1 bilhões) em uma cidade assolada por frequentes blackouts,sufocante e estradas esburacadas.

domingo, 26 de setembro de 2010

Jogos da Commonwealth correm risco de boicote

Das Agências Internacionais

A Ìndia está correndo contra o tempo para salvar os Jogos da Commonwealth,depois de vários atletas importantes terem desistido de participar e algumas Federações Nacionais terem ameaçado o boicote dos Jogos que vem enfrentando problemas de acomodações inadequadas, construções precárias e temores de segurança

As maiores consistências de boicote vieram das delegações da Escócia que sediará os próximos Jogos em 2014 em Glasgow que atrasou o embarque de sua delegação para Délhi e do País de Gales que deu um prazo de que até quarta feira que a segurança dos locais de competição e da vila deveria estar garantida.Enquanto isso as delegações da natação da Nova Zelândia e da Austrália procuram um plano B para não ficar na vila. Vários atletas anunciaram sua desistência do evento,

O presidente da Federação dos Jogos da Commonwealth disse no sábado que ainda havia muito trabalho a ser feito, em meio à apreensão sobre a segurança antes do início do evento na Índia na semana que vem e também ressaltou a sujeira e as condições precárias das instalações, mas afirmou que os jogos vão acontecer e todos os países enviarão seus atletas.

"Ainda há muito trabalho a ser feito e ainda não acabou," disse Michael Fennell, presidente da Federação dos Jogos da Commonwealth, no dia em que visitou a Vila dos Jogos.

Fennel resaltou que "A grande preocupação é a segurança dos atletas e autoridades. Haverá plena participação nos Jogos. Todos as 71 confederações comparecerão."

Os Jogos, realizados a cada quatro anos incluem a maioria das antigas colônias do Reino Unido além de Moçambique e Ruanda, custarão cerca de 6 bilhões de dólares. A terceira maior economia da Ásia foi escolhida para os Jogos em 2003, mas não tinha começado os preparativos até 2008.

A Índia esperava usar os Jogos para exibir sua crescente influência mundial e política, rivalizando com a vizinha China, que realizou uma Olímpiada opulenta há dois anos em Beijing em 2008.

No entanto, os Jogos estão se tornando uma vergonha para a maior democracia do mundo, uma vez que projetos de infraestrutura foram realizados em um ritmo extremamente lento em meio uma economia desaquecida.Alguns países deram um ultimato para a organização que enfrenta a ameaça de boicote por alguns membros num evento que comprova os clichês sobre o país que são caos,sujeira e corrupção.

Na quinta-feira, uma parte do teto da Arena do Levantamento de Peso desabou.Mas,tal vez a situação mais preocupante seja a da principal obra dos Jogos,o estádio Jawaharlal Nehru.Na terça feira,a passarela que ligava o estacionamento ao estádio desabou ferindo 32 operários.

Constrangido,pela situação Michael Cavanagh,presidente do Conselho Escôces para os Jogos da Commonwealth "Há pilhas de lixo, e até agora o local não está em condições de receber 6.500 atletas e autoridades. ..."

A situação não poderia ser pior.Há relatos de cães soltos na Vila,operários urinando em público,fezes humanas espalhadas pelas obras, poços de água parada servindo para criadores de mosquitos da dengue e há sem-tetos diante das principais instalações.

"Vergonha Nacional" foi a manchete de um jornal indiano.

O governo da Índia está correndo contra o tempo para garantir que tudo esteja pronto antes da abertura, no domingo que vem e minimiza que apesar desses problemas os Jogos serão um sucesso.

sábado, 25 de setembro de 2010

Instalações 'imundas e inabitáveis' colocam em risco os Jogos da Commonwealth na Índia

Autoridades de países participantes dos Jogos da Comunidade se queixam das condições de higiene encontradas na vila dos atletas em Nova Déli


Do GLOBOESPORTE.COM
Nova Déli

As condições de higiene encontradas nas instala colocam em risco a realização dos Jogos da Comunidade, em Nova Déli, na Índia.Os membros da CGF inspecionaram o local recentemente e reclamaram muito do que viram. Além disso, os próprios oficiais responsáveis pela competição, que tem a Cerimônia de Abertura marcada para o dia 3 de outubro, já alertaram que há muito trabalho a ser feito pelas autoridades indianas.

Mike Hooper, executivo-chefe da Federação dos Jogos da Commonwealth, chegou a classificar a vila como imunda e inabitável.

A Nova Zelândia contratou uma empresa especializada em limpeza para cuidar do prédio onde seus atletas ficarão hospedados durante o evento. Impressionado com a qualidade do serviço prestado pelos profissionais neozelandeses, o comitê organizador já considera até contratá-los para cuidar dos demais edifícios da vila dos atletas.

O presidente da Federação dos Jogos da Commonwealth, Michael Fennel, criticou pesadamente o comitê indiano e disse ter escrito uma carta ao governo local enumerando sues preocupações quanto às acomodações dos atletas em Nova Déli.

- Houve progresso e há mais para fazer. Estamos nos concentrando em resolver os problemas. Minha posição é de que os Jogos vão ser realizados. Estamos trabalhando juntamente com os níveis mais altos do governo - disse Mike Hooper.

Os Jogos da Commonwealth, chamados de Jogos da Comunidade Britânica até 1978, serão realizados na Índia pela primeira vez e terão 72 times participantes.

Link para ver as fotos http://globoesporte.globo.com/outros-esportes/fotos/2010/09/fotos-instalacoes-precarias-nos-jogos-da-comunidade-britanica.html

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

E o assunto do momento é : O vestido de carne da Lady GaGa

Lady Gaga impressionou o mundo com seu improvável vestido feito de carne de verdade, usado no VMA 2010. O responsável pelo modelito foi o designer de Los Angeles, Franc Fernandez, que contou ao site da MTV americana um pouco mais sobre o vestido.

Segundo o estilista, o stylist de Gaga, Nicola Formichetti, entrou em contato com ele. Os dois já tinham trabalhado juntos quando a cantora posou com o biquíni de carne na capa da revista Vogue Homme japonesa. A ideia era que aquela foto, feita por Terry Richardson, fosse a inspiração para a criação de um vestido para a intérprete de Poker Face.

A peça contou com pedaços de matambre.

- Eu fui no meu açougueiro, em Los Angeles, para comprar a carne. Ele é o dono do açouge em que minha família tradicionalmente compra. Eu estou tentando conseguir uma foto autografada [de Gaga com o vestido] para dar para ele.

Para a criação, Franc comprou mais de 22 quilos de carne - o vestido ficou bastante pesado,com 19 quilos -, apesar de Gaga dizer que foi um dos looks mais confortáveis que vestiu durante a premiação.

A peça, montada com um corsete para que o peso ficasse concentrado no busto da cantora, foi feita dentro de um ambiente refrigerado enquanto era feito, para que a carne não estragasse. Apesar disso, Gaga comentou com ele que o cheiro era até agradável, um pouco doce.

Franc não usou um desenho para se basear, ele foi simplesmente montando o look na cantora durante a premiação.

O estilista conta ainda que a ideia de colocar cordões de açougueiro nos sapatos de carne de Gaga faziam também faziam parte do pacote, da inspiração para o modelito, que também foi complementado com um broche de brilhantes na bolsa.

Primeiros Jogos Olímpicos da Juventude dão prejuízo para os cofres locais

Ministro da Juventude e Esportes de Cingapura disse que os "custos foram subestimados"

Das Agências internacionais
Cingapura

O ministro da Juventude e Esportes de Cingapura, Vivian Balakrishnan, anunciou nesta quarta-feira que os Jogos Olímpicos da Juventude de 2010 (JOJ),que foram os primeiros da história, deram prejuízo aos cofres públicos . A competição, disputada de 14 a 26 de agosto, que reuniu 3.600 atletas com idades entre 14 e 18 anos.

- Foram substimados os custos da organização, que chegaram a 397 milhões de dólares cingapurianos (509 milhões de reais) - disse o ministro no Parlamento.

O orçamento inicial para a realização do evento era de 104 milhões de dólares cingapurianos (180 milhões de reais). O aumento orçamentário se deve principalmente aos custos tecnólogicos.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Rio 2016 terá grandes novidades

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, disse que algumas das novas provas realizadas nos Jogos da Juventude deste ano poderão entrar nos Jogos Olímpicos e que a edição de 2016 do evento, no Rio de Janeiro, deverá ter programas culturais paralelos às competições.

“Estamos considerando acrescentar algumas modalidades em um futuro ao programa olímpico. Sou um grande torcedor das provas mistas”, afirmou Rogge em alusão a algumas das competições desenvolvidas em Cingapura 2010 como o triatlo com revezamentos e o basquete no formato de três contra três em meia quadra.

O presidente do COI prometeu que os próximos Jogos da Juventude, que serão realizados em Nanjing, na China, dentro de quatro anos, serão uma competição de maior qualidade que os de Cingapura, onde foi desenvolvido paralelamente um programa cultural que Rogge pretende introduzir também nos Jogos Olímpicos.

“Estamos estudando para os Jogos Olímpicos tradicionais. Há um espaço claro para isso. É tarde demais para fazê-lo em Londres 2012, mas talvez seja possível para Rio 2016”, acrescentou.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Baixaria Olímpica Part 4090 - Record não dará credenciais para profissionais de TV aberta na cobertura do Pan e das Olimpíadas

A cúpula da Record definiu que concederá apenas dez credenciais por emissora para a malfadada cobertura dos Jogos Pan-Americanos de 2011, que serão realizados em Guadalajara, no México. De acordo com a jornalista Keila Jimenez do Estado de São Paulo, o mesmo procedimento deverá ser adotado nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Porém, a decisão poderá causar confusão com suas concorrentes, já que a direção da rede decidiu que não concederá credenciais para equipes de TV aberta (Globo e Band), que irão participar da cobertura das emissoras fechadas.

A medida foi tomada após o canal esportivo da Globosat manifestar interesse em contar com grandes nomes do jornalismo da Globo, como Galvão Bueno e Tiago Leifert, na cobertura que será realizada pelo SporTV.

sábado, 28 de agosto de 2010

Baixaria Olímpica... Parte 3002 Record irá fazer o credenciamento da imprensa brasileira nas Olímpiadas de 2012 e no Pan do ano que vem;.

A Rede Record será a responsável pelo credenciamento da imprensa brasileira no Pan-Americano de Guadalajara e nas Olimpíadas de Londres e isso deverá causar confusão nos bastidores das emissoras brasileiras.Os comentários são de que isso é represália ao boicote das outras emissoras em relação aos eventos esportivos pela emissora neste ano.

Como é dona dos direitos das duas competições.A emissora também é responsável pelas credenciais para os profissionais de TV aberta nos dois eventos. De acordo com a jornalista Keila Jimenez, nos bastidores da emissora circula a informação de que os diretores do canal não irão facilitar a vida das concorrentes. A principal atingida deverá ser a Globo, que provalvelmente terá pedidos de credenciais negados pelo canal de Edir Macedo.

A cúpula do canal já estaria até preparada para as reclamações vindas dos veículos que se sentirem prejudicados com a distribuição das credenciais.

Do Natelina

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Telecultos fazem audiência de emissoras despencarem

O arrendamento de horários para igrejas na TV é uma prática cada vez mais comum, sobretudo nas madrugadas. Três das cinco principais redes de TV do país, Record, Band e RedeTV!, têm suas madrugadas ocupadas por telecultos e alguns programas de leilões.

Porém, o aluguel dos horários custa muito caro para essas emissoras, que registram baixos índices, chegando muitas vezes ao incrível ‘traço absoluto’. A Record, que tem sua madrugada ocupada por programas da Igreja Universal do Reino de Deus, fechou o primeiro semestre com média de 1 ponto de audiência entre 1h e 6h. A audiência é a mesma registrada pela Band na faixa.Essa média faz com que a média dia da emissora despenque em relação ao sonhando "Caminho da Liderança".

Já na RedeTV!, a situação é ainda mais crítica. A emissora de Amílcare Dalevo fechou o primeiro semestre de 2010 com traço durante a madrugada, ou seja, 0 pontos. Porém, o canal anunciou recentemente a intenção de reduzir o número de telecultos e programas terceirizados em sua grade. Atualmente, a emissora possui 25% de sua programação ocupada por esse tipo de atração. A meta da direção da rede é reduzir esse valor para 5% até o final de 2012.


No entanto, manter uma programação de entretenimento durante a madrugada não é garantia de bons índices. É o caso do SBT, que preenche o horário com as milionárias séries dos estúdios Warner. Mesmo assim, a emissora registra apenas 2 pontos entre 1h e 6h. Assim como na maior parte do dia, a TV Globo lidera com folga nas madrugadas, com uma média expressiva na casa dos 5 pontos.

Do Na Telinha.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Programa dos Jogos Paraolímpicos de Verão será expandido no Rio 2016

Bonn,Alemanha

Um total de sete novos esportes estão sendo avaliados pelo Comitê Paraolímpico Internacional para serem adicionados nos Jogos Paraolímpicos de Verão de 2016,que serão no Rio.

Os sete esportes que se candidataram para entrar no programa são Badminton, Basquete para Deficientes Mentais, Canoagem, Golfe,Futebol sobre Cadeira de Rodas Motorizada, Taekwondo e o Triatlo.Estes esportes assinaram um termo de compromisso em suas candidaturas na metade de junho

O IPC irá analizar e avaliar estas candidaturas e irá anunciar ao quadro executivo quais esportes tem condições de entrar no programa ou não.O quadro executivo irá julgar estas decisões, e se qualquer decisão for autorizada ela será divulgada em dezembro deste ano.

O programa dos Jogos Paraolímpicos do Rio 2016 está composto destes esportes: Tiro com Arco, Atletismo, Bocha, Ciclismo (Estrada e Pista),Hipismo, Futebol (5 e 7 jogadores), Golbol, Judô, Supino, Remo, Iatismo, Tiro, Natação, Tênis de Mesa, Vôlei Sentado, Basquete em Cadeira de Rodas,Esgrima em Cadeira de Rodas,Rúgbi em Cadeira de Rodas e Tênis em Cadeira de Rodas.

Fonte : www.paralympic.org

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Após sucesso da Copa do Mundo,África do Sul já pensa nas Olímpiadas de 2020

July 12 - O presidente do Comitê Olímpico Internacional,afirmou hoje que a África do Sul tem condições plenas de sediar futuramente as Olímpiadas e as Paraolímpiadas após o sucesso da Copa do Mundo FIFA de 2010.

Rogge estava ontem no Soccer City entre os 90 mil espectadores que assistiram a vitória espanhola em cima da Holanda

"No começo,quando a África do Sul foi escolhida, todos duvidamos da capacidade de organização do país," Rogge falou.

"Esse país sediou com sucesso os Jogos Pan-Africanos em 1999 na sua segunda participação,uma Copa do Mundo de Rugby em 1995 e um Campeonato Mundial de Cricket,agora é hora de decedir se essa nação quer esse evento"

Rogge teve conversas informais com o presidente Zuma durante sua visita a Joanesburgo e teve constatações encorajadoras sobre uma possível candidatura sul-africana para 2020 ou 2024.

Gideon Sam, o presidente do COAS,disse que há planos para uma candidatura sul-africana para 2020 ou 2024

"É um sonho do Comitê Olímpico Internacional,dar oportunidades para os países em desenvolvimento sediarem esses eventos," Sam disse isso após ganhar um micro ônibus do Comitê Olímpico Internacional.

"Agora o governo tem que dar suporte para a candidatura,já que no estatuto do COI há a necessidade de que as três esferas governamentais,apoiem a candidatura".

As discussões sobre a possível candidatura sul-aficana estarão em discussão até 2011,quando os Comitês Olímpicos Nacionais deverão entregar suas postulações para o COI,que irá fazer o corte preliminar durante os Jogos Olímpicos de Londres-2012.

Do Inside The Games

quinta-feira, 1 de julho de 2010

JMJ de 2015 no Brasil ?

Já não basta a Copa do Mundo em 2014, as Olimpíadas em 2016… Será que Deus nos presenteará com a Jornada Mundial da Juventude?

Da mesma forma que qualquer evento de grande porte a cada edição um lugar diferente é escolhido para sediar a Jornada Mundial da Juventude, as últimas três edições foram em : Toronto (2002), Colônia (2005) e Sydney (2008). Nesses locais recebem-se milhares de peregrinos, e claro, o Santo Padre.

A próxima edição no ano que vem (2011) será em Madrid na Espanha e rumores colocam que a edição posterior será em terras tupiniquins. Alguns bispos das prinicipais cidades brasileiras pediram para sediar em suas dioceses a próxima JMJ por que sabem da forte presença dos jovens em suas dioceses. A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos dos Brasil) fez sua proposta para a Santa Sé na qual uma das seguintes três cidades irá receber a JMJ: Belo Horizonte, Brasília ou Rio de Janeiro. A cidade escolhida será anúnciada na Missa de Encerramento da JMJ em Madrid,no Aeroporto dos Quatros Ventos.
O ano da Jornada no Brasil seria 2014, o evento será adiado por um ano devido ao motivo que todos nós sabemos. Não se sei você,irá para Madrid.Mas,sentirei um frio na espinha quando o Papa revelar o país escolhido e a cidade.Eu torço pela minha cidade! Será um momento único e importantíssimo para todos nós!

Mas,aonde você acha que acontecerá a Jornada se for aqui no Brasil? Belo Horizonte, Brasília ou Rio de Janeiro?

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Record sonda FIFA pelos direitos da Copa de 2018

Da Coluna Canal 1


Com a Copa do Mundo de 2010 caminhando para suas fases decisivas, nos bastidores da TV, a Record continua sondando a FIFA, visando os direitos de exibição de 2018.

Estiveram na África do Sul,o bispo Honorilton Gonçalves e o diretor Paulo Calil. Eles participaram dos eventos promovidos pelos organizadores, buscando maior interação com os mesmos. A intenção é que, diferente da Copa de 2014, já assegurada pela Globo, haja uma chance da emissora paulista disputar a transmissão do mundial.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Diretor de Quem vai ser um Milionário irá dirigir as Cerimônias de Londres 2012

Da Agência Reuters

O cineasta Danny Boyle, o diretor do filme "Quem Quer Ser Um Milionário?", irá dirigir a cerimônias da Olimpíada e da Paraolímpiada de 2012 em Londres, anunciaram os organizadores nesta quinta-feira no esqueleto do Estádio Olímpico em Londres, e ele prometeu imediatamente uma "emocionante recepção" aos atletas e a todo o mundo.

Danny Boyle conquistou o Oscar de melhor diretor em 2009 com o filme Quem quer ser um Milionário,filme que conseguiu oito estatuetas na premiação.

O cineasta britânico e o produtor Stephen Daldry, que trabalhou em filmes como "Billy Elliot" e "As Horas", farão parte do quarteto que irá supervisionar as cerimônias de abertura e encerramento da Olimpíada e da Paraolimpíada,juntamente

O orçamento liberado para as cerimônias é de 59 milhões de doláres, que sairão do orçamento geral de 2 bilhões de libras do comitê organizador local.O diretor Zhang Yimou teve 100 milhões de doláres para produzir a abertura das Olímpiadas de Beijing.

“Nosso modelo é para entregar uma sociedade sustentável e responsável para os jogos. É irrelevante o que vem acontecendo com a economia”,justificou Coe ao revelar os valores do investimento.

A abertura da Olimpíada de Beijing foi vista pela TV por 1 bilhão de pessoas, e estabeleceu um novo padrão para esses eventos.

"É preciso reconhecer que não vai ser como Beijing em termos de escala", disse Boyle a jornalistas. "Será mais simples. Mas nosso trabalho é assegurar que, dentro desses meios, seja espetacular e ofereça uma emocionante recepção para a abertura dos Jogos."

Houve poucas dicas de como será o show. Ficou claro que a tocha olímpica terá papel central, que "não haverá zumbis correndo pelo palco", e que parte da cerimônia será realizada fora do estádio.

O presidente do comitê organizador, Sebastian Coe, disse que é importante não simplesmente imitar cerimônias anteriores, e sim que o foco principal da cerimônia será cidade de Londres .

Boyle, que cresceu na zona leste de Londres, onde os Jogos se concentrarão, disse que se apressou em aproveitar a chance de ser o diretor artístico, e que vai se inspirar na excelência esportiva e na cidade que lhe deu tantas oportunidades.

O diretor de "Trainspotting" irá se dedicar integralmente ao projeto a partir do começo do ínicio de 2011, depois de completar dois trabalhos com os quais já estava comprometido, inclusive uma versão teatral de "Frankenstein".

Organizadores disseram que a Cerimônia de Passagem de 8 minutos que apresentou Londres na Cerimônia de Encerramento de Beijing 2008 não irá ser um molde para as cerimônias.

Aquele espetáculo constrangedor, que mostrava cenas "londrinas", como um ônibus vermelho de dois andares e dançarinos de chapéu-coco,que custou 2 milhões de doláres, e foi limado pela crítica internacional especializada e pela mídia em geral.

"É um show diferente, e uma equipe diferente", disse Martin Green, chefe de cerimônias do comitê organizador, à Reuters.

Pra frente Brasil e pra terceiro lugar no IBOPE Record

Essa deu no Flávio Riccó

No dia do jogo Brasil e Portugal, em 25 de junho, elenco e funcionários da Record --que trabalham no Rio de Janeiro-- estão liberados para assistir o jogo no complexo Recnov.

Como a partida acontecerá às 11h, será montado um telão em um dos estúdios, com direito a pipoca, refrigerantes, cachorro-quente, hambúrguer, língua de sogra, sorvete e outros do gênero. Tudo bem festinha de criança.

Ah, e o detalhe mais importante: o sinal do jogo, claro, não será da Globo e nem do Sportv, por razões óbvias e bem conhecidas. Mas vuvuzelas, nada contra, estarão permitidas!

Agora essa aconteceu hoje aqui em Brasília

Estava na rodoviária pegando o ônibus para o estágio e eis que vejo uma equipe da Record cobrindo as manifestações dos rodoviários que já duram uma semana.No mesmo horário estava acontecendo o jogo entre Nigéria e Grécia e tinha uma equipe da Record assistindo o certame pela Globo e torcendo pela seleção nigeriana !

Deixa o Bispo Saber

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Chama a Cleycianne : Fifa veta Manifestações Religiosas na Copa do Mundo de 2010

A cinco dias de a seleção fazer sua primeira partida pela Copa nos gramados da África do Sul, aqui no Brasil a polêmica já entrou no campo... da fé. A proibição da Fifa de que mensagens religiosas sejam exibidas pelos jogadores durante as partidas virou tema de debates sobretudo em sites evangélicos. Muitos internautas veem na regra uma forma de intolerância à diversidade de credos.

Por trás da proibição, estaria a preocupação de que jogadores muçulmanos também repitam os gestos dos evangélicos na Europa, criando uma disputa religiosa no esporte.

— Na minha opinião, essa decisão fere um princípio de liberdade, garantido pela Declaração Universal dos Direitos Humanos. O atleta que mostra a origem de sua fé, agrega valor ao esporte. Aquela ajoelhada dos jogadores muçulmanos após o gol, por exemplo, é uma ajoelhada para Alá — afirma o ex-piloto Alex Dias Ribeiro, diretor-executivo do ministério Atletas de Cristo de 1985 a 2007.

A restrição atinge em cheio o grupo de Dunga, de maioria evangélica, acostumado a expressar fé em campo, sobretudo nas figuras do meia Kaká e do capitão Lúcio.

Advertência em 2009

Uma dessas manifestações, na final da Copa das Confederações, no ano passado, resultou numa advertência à CBF. Na época, a federação pediu moderação na atitude dos atletas, que fizeram um espécie de culto no gramado. O Brasil só não foi punido porque a oração foi feita após a partida. Sete anos antes, na conquista do pentacampeonato, o comportamento dos jogadores já era alvo da observação da Fifa, que mostrou descontentamento com o que teria considerado excesso de referências religiosas.

O ex-jogador Paulo Sérgio, que participou da conquista do tetra, não concorda com a decisão. Mas acha que o gramado não é o único palco para manifestar a fé:

— Em 1994, tínhamos liberdade. Mas você pode mostrar que é atleta de Cristo de outras formas, com suas ações no dia a dia.

'Jesus' na chuteira de Kaká

A restrição ao uso de mensagens religiosas, políticas e declarações pessoais está relacionada no item 4 da Regra dos Jogos da Fifa. Ele trata do equipamento básico de uso obrigatório pelos jogadores, como a chuteira, peça na qual Kaká pode exibir a frase “Jesus in first place” (Jesus em primeiro lugar, em inglês), durante as partidas em solo africano.

O calçado foi personalizado por uma das patrocinadoras do jogador e mostrado dias antes do embarque dos jogadores para a África do Sul. O jogador Grafite também ganhou um modelo exclusivo, mas com os dizeres Graffa 23 (número da camisa que usa na seleção).

Consultada sobre qual seria a punição ou sanção aplicada ao jogador ou à CBF pelo uso da chuteira com conotação religiosa — o que seria uma violação à regra — a Fifa respondeu, por meio de sua assessoria de imprensa, que não poderia especular sobre algo que ainda não aconteceu.

O diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, afirmou que os dizeres impressos nos calçados dos jogadores não são de responsabilidade da entidade. Segundo ele, não houve nenhum tipo de censura da Fifa no episódio da Copa das Confederações:

— A advertência foi só com relação àquele episódio. Não houve recomendação sobre chuteira. O que está escrito nela é de responsabilidade de cada jogador.


http://extra.globo.com/esporte/jogoextra/posts/2010/06/10/copa-veto-manifestacoes-religiosas-pela-fifa-cria-polemica-298736.asp

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Lenamania atinge a Alemanha

Todos amam Lena,todos elogiam Lena.Graças a um resultado improvavél a alguns anos atrás.A Alemanha vive um fenômeno inédito de mídia,daqueles que acontecem no Brasil no final da novela da Glória Perez.A Alemanha depois de 28 anos ganhou no sábado passado o Eurovision Song Contest em Oslo.O mais surpreendente da história é que até a Primeira Ministra Angela Merckel engrossa a mania: "Ela é uma linda expressão da Jovem Alemanha", disse Angela Merkel numa atitude de alegria perante a segunda vitória alemã em 55 anos de concurso e 54 de participação. O elogio proveniente da esfera da elite do governo condizendo com uma febre,que arrebatou a Alemanha em menos de 24 horas. E surpreendentemente também muitos amantes da música em toda a Europa. Da Espanha até a Finlândia: nove dentre 39 países do festival atribuiram a pontuação máxima de 12 pontos à Lena Meyer-Landrut.

O Ministro das Relações Exteriores, Guido Westerwelle, comentou: "Querendo ou não querendo, para o nosso país você é uma embaixadora, refutanto com sua simpatia numa só noite muito preconceito proveniente de longe.“ Eis o que pode acontecer em um tempo curtissimo de 4 meses. Aquilo que começou há quatro meses com uma apresentação de Lena nos castings do "Ünser Star für Oslo" terminou de uma forma inesperada com a vitória em Oslo e a fama de ser a nova voz alemã. E tudo isso sem qualquer formação musical. Em contrapartida, com muito charme, com musicalidade, com presença de espírito – e um que a mais. No retorno a sua cidade natal, Hannover, estiveram à espera da radiante vestibulanda milhares de fãs extasiados e o orgulhoso Primeiro-Ministro da Baixa-Saxônia, Christian Wulff ("É assim que aqui costumamos receber presidentes"). De uma hora para a outra, o terraço panorâmico do aeroporto foi transformado, incluindo a respectiva sinalização, no "Ponto de Visão da Lena"

Durante as semanas anteriores alguns meios de comunicação alemães não evitaram esforços em criticar severamente a artista buscando tons desafinados na imagem da nova artista, por exemplo o inglês peculiar de Lena e sua presumível falta de jeito para uma coreografia. Lena manteve a descontração e varreu as dúvidas para o lado com o seu frescor.

Há que esperar para ver como a vida de Lena,agora uma superstar vai continuar. Mas já está resolvido: como detentora do título, cabe à Alemanha organizar o Eurovision Song Contest 2011.Numa situação inédita 8 cidades se candidataram ao evento e há o favoritismo de Hannover e Hamburgo e Berlim correndo por fora. A fim de defender o título, especula-se, desde já, sobre uma volta de Lena ao palco. Para a "Fräulein Milagre" no momento nada parece impossível.

Adaptado do Portal da Embaixada da Alemanha

domingo, 30 de maio de 2010

Profissão Repórter faz História

Depois do Profissão Repórter nos presentear com Cariúcha, a garota da laje, agora ele nos apresenta Luana, a travesti que não vai de lá pra cá à toa.

Mais um Eurovision se passou

A Armênia cantou sobre uma semente de damasco, a albânesa agradeceu a Jesus Cristo, e a Ucrânia sobre o seu passado nuclear. Mas,no final a vitória, no Eurovision Song Contest foi a da Alemanha como Lena Meyer-Landrut, "Isso é tão absolutamente incrível. Penso que isso não é real", disse ela no palco depois de ser entregue um troféu de cristal em forma de microfone na Telenor Arena de Oslo. "Eu sou uma freak"

Dada a popularidade da Eurovision é fácil entender o porquê de sua popularidade.
Imagine 120 milhões de espectadores parados por uma noite ao ano na Europa.
A competição européia de canto continua a ser o evento não-esportivo mais assistido do mundo ganhando do Oscar e da Miss Universo.Possui um culto por toda a Europa e fora dela e é transmitido ao vivo para outros lugares do Brasil a Nova Zelândia. Ele tem o poder de transformar zé-manés musicais em ídolos: os vencedores passados incluem ABBA, Celine Dion, Julio Iglesias. Uma coisa que estes nomes têm em comum: todos eles competiram décadas atrás. Críticos do Eurovision dizem que o evento tenha se desintegrado em um Chernobyl cultural, onde truques e o sex appeal anulam a capacidade musical. Há alguma verdade nisso. Este ano, a participante da Romênia que misturava ópera e pop, e às vezes a cantora soava como a Mariah Carey chupando gás hélio.Foi terceiro lugar. A sétima posição A Armênia cantou sobre a fruta nacional do país, dançando em torno de uma enorme, réplica de 100 libras da fruta e toda a apresentação foi desenvolvida em volta da fruta. E a França, que ficou na 12 ª posição,parecia um grupo de axé dos meados da década de 90 com as infames letras picantes : "Querida, você deve se levantar e mover o popozão ... Lala, que vai aquecer, eu sinto que a coisa vai subir."

O Eurovision se afastou de suas raízes como um tradicional show de talentos de outras maneiras também. A presença da Internet se tornou algo essêncial: Some-se um vídeo musical de grande orçamento no YouTube,interação constante com os fãs em redes sociais como o Twitter e o Facebook.A estratégia é a de não correr risco de ser esquecido durante a final.Isso foi o que o Azerbaijão colocou em prática esse ano.A cantora Safura Alizadeh,que ganhou a versão local do "American Idol" aos 17 anos, colocou anúncios em toda a Internet dizendo que uma vitória poderia "mudar o seu destino." . Ela também trabalhou com JaQuel Knight, coreográfo de Single Ladies da Beyoncé, e Rupert Wainwright, o diretor de Stigmata, para produzir um vídeo brilhante para sua entrada "Drip Drop".O investimento recorde de 1,6 milhões de euros,vindo de três patrocinadores do seu país e acusações de compra de votos dos júris. Ela e outros concorrentes também passaram os meses antecedentes ao Eurovision Eva Rivas, viajou para a Grécia e Chipre para plantar árvores de damasco. Como ela disse a um site de fãs da Eurovisão: "Quero voltar à minha pátria e ter a certeza de que todos estão sob a impressão do meu desempenho.

E enquanto o brilho de lantejoulas,o balançar de quadris e a cafonice muitas vezes chamam a audiência.Sempre se tem uma boa história,entre os participantes. Durante a segunda semi-final em 27 de maio,a banda lituana InCulto soprou kazoos, e arrancou suas calças para revelar shortinhos brilhantes a lá Serginho do BBB10 ( A Loka!).Mas seu ato tolo trasmitia uma mensagem séria: a música "o Funk da Europa Oriental" apelando uma maior integração da União Europeia, de que a Lituânia é uma parte, e zombavam da crença de que a fronteira da Europa termina a leste da fronteira com a Alemanha: "Sim Senhor , nós somos legais somos / Embora nós não são tão legais como você / Não, senhor, nós não somos iguais, não / Ainda que ambos são provenientes da UE "

Por seu lado, Lena deu a paixão um ritmo. Na vencedora Satellite", ela retrata uma mulher lutando para capturar a atenção do seu pretendente: "Fui em todos os lugares para você / Eu mesma fiz o meu cabelo para você /Comprei calcinhas azuis para você/ E eu usava apenas o outro dia.
No final da canção, ela há versos obscuros que sugerem que ela está resignada a viver sem ele, e ela se compara ao mais solitário dos viajantes: "Como um satélite, estou em órbita todo o caminho em torno de você / E ao cair da noite / Não é possível ir de um minuto sem o seu amor. "

Após sua vitória no Eurovision, é improvável que Lena vai lutar para ganhar a simpatia global.E assim,ela só poderá renovar a esperança que o Eurovision pode produzir estrelas da potência verdadeiramente global. Ela é certamente um começo bom. Depois de vencer concurso de selecção nacional da Alemanha, em março, "Satellite" se tornou a música mais baixada da história da Alemanha Lena se tornou o único artista alemão na história a ter três singles no Top 5 das paradas nacionais . "Incrível! Lena vira a cabeça para a Europa e ganha", comentou o jornal alemão Hamburger Abendblatt. Se ela não provar ser uma estrela global, ícone nacional terá de ser suficiente.

Neste ano foram 39 artistas, 39 músicas, 39 televisões estatais participantes de 39 países, dos nossos conhecidos Portugal,Espanha e França indo aos orientais : Azerbaijão,Géorgia e Armênia, que depositam toda sua esperança em um mundo melhor e literalmente, naquele artista que está no palco representando seu país. Além da esperança, algo muito maior está em jogo:a política e a auto-estima. O Eurovision Song Contest foi idealizado nos anos 50,se derivando do Festival de San Remo, na época de uma Europa ainda devastada pela Guerra.Até 1992 praticamente países da Europa Ocidental participavam (as execeções eram : Turquia,Iugoslávia e Israel que é asiático) e com a queda da Cortina de Ferro,o concurso foi expandido para o leste,primeiro para as ex-repúblicas iugoslavas,depois para as ex-repúblicas da URSS e a última grande expansão foi para o Caúcaso com a integração questionável de Armênia,Géorgia e Azerbaijão.Pegue uma Europa reconstruída e pulsante de um lado e uma Europa que ainda não se recuperou após 60 anos.

Para quem não conhece o Eurovision pode parecer que tudo é maravilindo. Mas... nem tudo são flores. Acusações de votos táticos, baseados na política da boa vizinhança e na sua grande diaspóra, e não no mérito das canções, assolam o festival há alguns anos,desde a sua segunda expansão para as antigas repúblicas da Ex-URSS em meados da década passada.Aonde,os jurados foram retirados e trocados pelo público que assistia. Por exemplo, é comum que Grécia e Chipre troquem notas máximas, enquanto muitos dos países do antigo bloco oriental dão notas altas para a Rússia.

sábado, 29 de maio de 2010

Londres 2012,revela seus planos para o Revezamento da Tocha Olímpica

Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Londres anunciaram, nesta quarta-feira, que a tocha com a chama olímpica irá chegar à Grã-Bretanha em 18 de maio de 2012 e viajará pelo país durante 70 dias até o início da competição.

Segundo os organizadores do evento, a tocha passará pelas mãos de 8.000 pessoas, sendo mais de sua metade formada por jovens. E, após a realização do revezamento em solo britânico, ela chega na cidade-sede no dia 20 de Julho de 2012, faltando uma semana para o ínicio dos jogos.

O Ministro dos Esportes da Grã-Bretanha, Hugh Robertson, afirmou que o revezamento da tocha "trará o espírito de Londres-2012 para cada canto do país".

Os detalhes sobre a rota da tocha olímpica e seu serão anunciados pelos organizadores dos Jogos de Londres no ano que vem.

Do www.london2012.com

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Meu querido,eu sou cantôra



Ainda bem que capricharam na capa do cd.Para pelo menos ter algum comentário legal sobre o novo projeto. Por que ngm merece

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Há algo de Podre no Reino de Beth,Londres 2012 lança seus "cíclopes",digo mascotes

Duas gotas de aço de uma viga do Estádio Olímpico de Londres “ganham vida” e recebem a missão de atrair crianças e jovens para o esporte. Esta é a história de Wenlock e Mandeville, que foram apresentados nesta quarta-feira para serem os mascotes dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012, na Grã-Bretanha.

Segundo o presidente do LOCOG, Sebastian Coe, Wenlock e Mandeville deverão visitar vários países com a intenção de promover os Jogos londrinos. Coe explicou que os mascotes foram desenhados "para as crianças".

- Eles deverão ligar os jovens ao esporte e, além disso, contar a história dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos - disse o dirigente e ex-atleta.

Os personagens levam o nome da pequena cidade de Much Wenlock (Inglaterra), que inspirou o Barão Pierre de Coubertin a criar os Jogos Olímpicos modernos, no século XIX, e o do hospital Stoke Mandeville de Buckinghamshire, também na Inglaterra, onde nasceram os Jogos Paraolímpicos.

Idéia inusitada

Os próprios nomes dos personagens têm relação com a história das Olimpíadas: remetem à cidade de Much Wenlock, na Inglaterra, que inspirou o Barão Pierre de Coubertin a criar os Jogos Olímpicos modernos, no século XIX, e ao hospital Stoke Mandeville, de Buckinghamshire, onde nasceram os Jogos Paraolímpicos.

"As crianças não querem mais mascotes fofinhas. Querem algo com que interagir. Algo com uma boa história por trás", continuou Sebastian Coe. A história dos ciclopes prateados diz que um operário levou para casa, no dia em que se aposentou, sobras de metal da construção do Estádio Olímpico.

Tal qual Gepeto - o vovô criador de Pinóquio - ele moldou a dupla e entregou a seus netos. Os dois, então, ganharam vida e imediatamente começaram a praticar esportes. O conto foi criado pelo autor de livros infantis, Michael Morpurgo. Inusitados, Wenlock e Mandeville fogem à regra quanto aos mascotes dos últimos Jogos Olímpicos. E mais uma vez a reação da mídia britânica foi constrangedora.

Reações da Mídia

A reação dos especialistas em marketing,na noite do dia 19 de maio.A mídia especializada chamou a escolha dos cíclopes de "uma calamidade" e previu um prejuízo histórico em relação a imagem.

Stephen Bayley, o mais conceituado crítico de design britânico, disse: "O que vem na mente da organização desses jogos,parecendo que conduzem a organização de uma forma paternalista, e com um infantilismo cretino? Por que não podemos ter algo que podemos sentir orgulho, em vez dessa versão informatizada dos Smurfs adaptada para a geração do IPOD ?

"Se os jogos vão ser lembrados por sua imagem,eles serão uma catastrófe."

Lord Coe, presidente do Comitê Organizador de Londres dos Jogos Olímpicos, defendeu os mascotes, dizendo que irão inspirar os jovens a se envolver com esporte.

"Criamos nossos mascotes para as crianças. Ao associar os jovens valores do esporte, Wenlock e Mandeville poderão ajudar a inspirar as crianças a se esforçar para ser o melhor que podem ser ", disse ele.

Aaron Shields, um dos sócios da agência de design BrandInstict, afirmou: "Eu não acho que as pessoas vão se relacionar com essas criações muito modernas. ” A primeira regra de criação de mascote é fazer algo de familiar e acessível, e não algo bizarro. Estes dois serão associados a um dos maiores fracassos da história dos Jogos. "

Os dois personagens são nomeados após a aldeia de Much Wenlock em Shropshire - que sediava um percursor para os Jogos Olímpicos Modernos, no século 19 - e Stoke Mandeville Hospital, em Buckinghamshire, o berço dos Jogos Paraolímpicos. Em homenagem aos táxis de Londres, cada um tem uma luz amarela no topo da sua cabeça, com uma inicial no meio.

Os organizadores não quiseram comentar sobre o custo de criação dos mascotes, que foram projetados pela Agência londrina Iris.Mas alegou que foram investidas "algumas milhares de libras", porque grande parte dos trabalhos foi caseira e realizada com investimento dos patrocinadores

A polêmica segue uma linha semelhante sobre o logotipo de 2012, que foi revelado em 2007, depois de os organizadores gastaram £ 400,000 em sua concepção.

Stephen Bayley condenou o logo na altura como "uma confusão pueril, um fracasso artístico e o príncipio de um escândalo".

Bem,deve ser f*** explicar para uma criança o que é isso !



Adaptados das Agências Internacionais e do Daily Telegraph