quinta-feira, 2 de abril de 2015

Brasileira faz história nas Surdolímpiadas de Inverno de 2015




Uma esquiadora de cross-country do Brasil surpreendeu o mundo esportivo ao ganhar a prova de largada em massa da XVIII Surdolímpiada de Inverno,realizada em Khanty-Mansiysk,na Federação Russa.Isadora Santos de 23 anos é a primeira brasileira na história a se consagrar campeã mundial ou olímpica em qualquer modalidade oficial de inverno.

O sucesso inesperado da brasileira  na prova é explicado por seu programa de treinamento intensivo de verão e sessão de treinamento no início do inverno nas montanhas .

"Eu estava muito preocupada que eu iria passar frio em Khanty- Mansiysk , - disse a atleta. - Aqui você tem um clima totalmente diferente. Mas hoje o tempo estava me ajudando a ganhar »

As Surdolímpiadas acontecem a cada 4 anos, e são o evento multiesportivo mais antigo depois dos Jogos Olímpicos .Os primeiros Jogos realizados em Paris em 1924,foram também o primeiro evento esportivo para portadores de necessidades especiais.4O evento sempre teve a periodicidade de quatro anos,exceto durante a Segunda Guerra Mundial e em 1949 foi criada a versão de inverno.Isadora é a primeira medalhista de ouro do Brasil na história do evento,o país já tem duas medalhas de bronze,conquistadas na versão de verão de 2013,na Bulgária.


quarta-feira, 25 de março de 2015

Firma Holandesa prevê Brasil em 8º lugar no Rio 2016‏

Os Estados Unidos vão terminar as próximas Olimpíadas de Verão de 2016 de acordo com um quadro de medalhas virtual publicada na data de ontem,quando faltavam 500 dias para a cerimônia de abertura dos Jogos em 5 de agosto de 2016.

A Infoestrada Sports,empresa sediada nos Países Baixos, que oferece dados originais aos serviços de comunicação para a indústria do esporte, previu que os EUA vão acumular um total de 97 medalhas - 47 de ouro, 21 de prata e 29 de bronze, seguidos pela China, com 76-28 ouro, 28 de prata e 20 de bronze - e a Rússia - 25 de ouro, 25 de prata e 24 de bronze. Nesta previsão levam -se em conta os resultados dos últimos campeonatos mundias,etapas de Copa do Mundo e eventos ao longo do ano.

Site prevê o tri-campeonato Olímpico para a Seleção Feminina de Vôlei,algo que só Cuba conseguiu.

Brasil em 8º.

Enquanto isso, foi projetado que o Brasil vai atingir o seu melhor total na história dos jogos - 10 de ouro, 14 de prata e três de bronze,totalizando 27 e colocando o país em um respeitável oitavo lugar.E o posicionando na frente de países historicamente fortes como Japão,Hungria e Itália e de potências emergentes como Coreia do Sul e Ucrânia (que deverá ter seu desempenho afetado pela Guerra Civil).Espera-se do Brasil uma performance forte em 15 esportes,sendo que os destaques serão o judô,o vôlei e a natação. Além disso, esperam-se medalhas inéditas no handebol e na luta Greco-romana. Se as previsões estiverem corretas, os EUA vão ter sete medalhas a menos do total atingido em Londres 2012, enquanto a China vai ter a sua pior performance desde Atenas 2004.
Previsão de medalhas para o Brasil no Rio 2016

Também foi previsto mais da metade das medalhas de ouro dos Estados Unidos serão conquistadas por mulheres, um feito alcançado primeira vez em Londres 2012, e que cerca de metade das medalhas dos EUA virá de natação e atletismo.


Os nadadores Missy Franklin, Kate Ledecky e Michael Phelps e a ginasta Simone Biles, foram apontados como os mais prováveis medalhistas nos em vários eventos individuais.Entretanto,o nome de Phelps pode ser considerado uma carta fora do baralho,já que recentemente anunciou sua aposentadoria.

As piores notícias se esperam da China,a previsão coloca o país com 28 medalhas de ouro,o mesmo patamar registrado em Sydney 2000, enquanto se espera da Rússia,o retorno ao terceiro lugar no quadro de medalhas,recuperando assim o lugar perdido para Grã-Bretanha em Londres 2012,entretanto com um número menor total de medalhas.O site fez a previsão sem os escândalos de doping que estão abalando o esporte russo.Para alguns países espera-se uma queda de rendimento como Itália e Grã-Bretanha.

Para visualizar o quadro:

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Welcome to Durban,Host City of 2022 Commonwealth Games

A edição de 2022 dos Jogos da Commonwealth será a primeira realizada no continente africano após a renúncia de Edmonton,no Canadá, anunciar que se retirou do processo da escolha da sede do evento.Esta também será a primeira vez que os Jogos da Commonwealth,terá duas edições consecutivas no Hemisfério Sul.

O prefeito Don Iveson alegou que os Jogos iriam custar C$ 1 bilhão  (aproximadamente R$ 2,25 bilhões), sendo um valor muito elevado para a província de Alberta cuja a base da economia é a extração de petróleo,cujos os preços estão em queda livre no mercado internacional.Durban será ratificada com sede em setembro,na Nova Zelândia. O comitê da candidatura de Durban disse que estava acompanhando a desistência da cidade canadense e assegurou que irá apresentar a documentação necessária para participar da disputa até dia 2.

Devido a queda dos preços do petroleo,a cidade canadense de Edmonton foi forçada a desistir da candidatura dos Jogos de Commonwealth de 2022.Esta não foi a primeira renuncia da cidade em anos recentes.A cidade desistiu de se candidatar para a Universíada de Verão e os Jogos Pan-Americanos deste ano.



A Federação dos Jogos da Commonwealth Games (CGF, na sigla em inglês) disse que segue confiante no sucesso do evento de 2022. "Estamos obviamente decepcionados ao ouvir que Edmonton não fará parte do processo da cidade-sede. Nós agora olharemos para a frente com entusiasmo para trabalhar com a equipe de candidatura de Durban", disse David Grevemberg, diretor-presidente da CGF.

Em 31 de janeiro de 2014, Gideon Sam , vice - presidente da Federação dos Commonwealth Games, foi citado no jornal The Namibian, afirmando intenções de que muito provavelmente os Jogos de 2022 seriam na África, após reuniões em Kuala Lumpur : "Decidimos que 2022 será a vez da África.Há um grande número de membros da Commonwealth na África e nós agora apelamos aos líderes africanos que tem que serem corajosos  e entrarem no clube dos Jogos da Commonwealth " " " Não podemos continuar fazendo o que fizemos no passado, quando votamos para as Regiões das Américas,Europa e Oceania e não para nós mesmos. Chegou a hora de mostrar ao mundo que não existem leões perambulando pelas ruas ou pessoas nuas andando por aí".A ida dos Jogos para a África afasta os rumores de que o evento estava em crise,depois do fracasso da edição de 2010,na Índia.Desde então,o número de cidades interessadas para sediar o evento caiu drasticamente.

Entretanto,graças ao sucesso da edição do ano passado em Glasgow,na Escócia,o evento ganhou um novo fôlego.Em média é normal que devido ao número limitado de países na Commonwealth,o número de países candidatos,não passa de 3,ou então é normal que apenas uma cidade seja candidata ( a ultima vez que isso aconteceu foi em 1999,quando Melbourne,foi a única candidata aos Jogos da Commonwealth de 2006).A última cidade africana a se candidatar para o evento foi Abuja,a capital da Nigéria que acabou perdendo em 2007 para Glasgow,que sediou com sucesso,os Jogos do ano passado.

Durban será a primeira cidade africana a sediar os Jogos da Commonwealth e tem uma configuração urbana muito parecida com Gold Coast,sede dos Jogos de 2018.Entre as 11 sedes dos jogos da Copa do Mundo FIFA de 2010,é considerada a que tem maior legado.


A intenção de Durban de sediar os Jogos da Commonwealth tem sido visto como preparação para uma nova tentativa sul-africana para sediar uma edição da Olimpíada, muito provavelmente para os Jogos de  2028. No entanto, as autoridades sul-africanas ainda não apresentaram sua candidatura, apesar de o país ser considerado um bom candidato após realizar a Copa do Mundo de 2010. Até hoje,a África nunca sediou os Jogos Olímpicos.Em 1997, a Cidade do Cabo,bateu na trave,mas acabou perdendo para Atenas,os Jogos Olimpicos de Verão de 2004.

O Estádio Moses Mabhida construido para a Copa do Mundo FIFA de 2010,será a sede das cerimônias e muito provavelmente sediará as competições de atletismo e de rúgbi 7s.



Edmonton,apesar de ter renunciado é uma cidade experiente em eventos internacionais pois já sediou os Jogos da Commonwealth em 1978,a Universíada de Verão de 1981, o Mundial de Atletismo de 2001,além de inúmeros eventos.Nesse ano,Edmonton será sub-sede da Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino.A próxima edição será entre 4 a 15 de abril de 2018,em Gold Coast,Queensland,Austrália.