terça-feira, 29 de setembro de 2009

Pelé x Oprah,Que roupas as delegações irão vestir e assuntos não tão importantes sobre a escolha da sede da Olímpiada de 2016

Segundo as previsões do COI serão mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo assistindo pela TV ao anúncio da cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016,nesta sexta-feira, em Copenhague. Mas para quem mora na cidade, o que tem de mais interessante do que a disputa em si é o bafon que estará acontecendo na cidade.Pois teremos megacelebridades para defender as candidaturas de Rio de Janeiro, Chicago, Madri e Tóquio. Nessa disputa, brasileiros e americanos saem na frente graças às duas personalidades que tem chamado a atenção dos dinamarqueses: Pelé e a Oprah.

Pelé já está em Copenhague. Ele desembarcou neste domingo, distribuíndo sorrisos e autógrafos e esbanjando confiança. Nesta terça-feira, o ex-jogador vai participar de um evento com jovens de uma academia de futebol num bairro da periferia de Copenhague que sofre com os problemas de integração dos imigrantes à sociedade local.

Nesse evento o jogador disse o seguinte :

- Nós temos problemas, mas também temos uma economia que superou a crise como nenhuma outra. É a hora de dar uma chance à América do Sul, todos os continentes já receberam as Olimpíadas. Por que não o nosso? - disse ele, esquecendo que a África ainda não recebeu uma edição dos Jogos.

O Atleta do Século XX diz que ajudar o Rio na disputa é uma maneira de compensar a frustração de nunca ter participado dos Jogos Olímpicos.

- Eu me profissionalizei com 16 anos e, naquela época, jogadores profissionais não podiam participar do torneio de futebol das Olimpíadas. É uma pena, gostaria muito de poder ter passado por esta experiência.

Pelé participou de dois eventos na manhã desta terça-feira em Copenhague, ambos em projetos com jovens de bairros de imigrantes da capital dinamarquesa com problemas de integração à sociedade. A integração dos imigrantes, sobretudo os de origem muçulmana, é o maior problema social da Dinamarca, país com um dos partidos de extrema-direita mais fortes da União Europeia.

Em Nordvest, Pelé contou com a companhia de dois jogadores brasileiros que atuam no FC Copenhagen, time mais popular da Dinamarca: os atacantes Aílton e Cesar Santín.

- Para um projeto como o nosso, o apoio de Pelé é algo único. Não poderíamos ter encontrado pessoa melhor para dar visibilidade à importância do esporte na integração dos jovens - afirma o diretor do Comitê Olímpico Dinamarquês Niels Nygaard.

Por sua vez,Oprah não tem ligação nenhuma com o esporte, mas a apresentadora de TV é uma das mulheres mais influentes do mundo. Ela é mora em Chicago, aonde desde 1986 apresenta o Oprah Winfrey Show,o programa de tv mais assistido do mundo, fez campanha para Barack Obama durante a eleição americana e é amissima da família. Oprah desembarca em Copenhague na manhã desta quarta-feira junto com a primeira-dama americana Michelle Obama.

Pelé vem levando a melhor sobre a americana. O anúncio da visita do brasileiro recebeu grande destaque dos jornais na semana passada, assim como a chegada dele à capital dinamarquesa. Mas, nesta segunda-feira, um dos principais diários dinamarqueses, o "Berlingske Tidende", escreveu que quarta-feira é o "dia da Oprah".

- Acho que posso ser útil por lá, isso é o que vou fazer - anunciou Oprah antes da viagem.

No dia de sua chegada, Oprah vai participar de uma festa da candidatura Chicaco 2016 no Admiral Hotel, em Copenhague. A festa contará com a participação de outras personalidades envolvidas na campanha americana, como a ex-ginasta Nadia Comaneci e o ex-campeão olímpico Michael Johnson.

Com que roupa eu vou ?

Além do trabalho nos bastidores e da preocupação em fazer boas apresentações para os membros do Comitê Olímpico Internacional (COI), os organizadores das candidaturas de Rio, Chicago, Madri e Tóquio também querem impressionar os votantes em Copenhague. No dia 2 de outubro, será escolhida a sede dos Jogos de 2016.

Chicago vai com um ar mais formal, com três renomados profissionais da cidade para vestir sua comitiva. As mulheres usarão modelos assinados por Maria Pinto, a estilista que prima pela sofisticação e é a favorita da primeira-dama Michelle Obama. Os ternos serão da marca Hart Schaffner Marx, que já vestiu o presidente Barack Obama. As gravatas serão de Lee Allison, com um desenho que pretende dar um ar confiante aos homens. Ch

Tóquio,por sua vez considera o uniforme como um elemento chave nesta fase final da campanha. Masaki Matsushima, o mago da moda do país, foi escolhido para elaborá-lo. Veterano na indústria da moda, ele já desenhou roupas para Madonna, Tom Cruise, Bjork e outros famosos.

- O traje vai demonstrar a paixão dos japoneses pelo esporte e a fantástica celebração da amizade internacional, que terá lugar em Tóquio-2016 - disse Masaki Matsushima.

Se americanos e japoneses revelam os nomes de seus escolhidos, Rio e Madri preferem mantê-los em segredo. Em outras ocasiões, delegações brasileiras já contaram com o trabalho de Alexandre Herchcovitch, que assinou os modelos do Pan de Santo Domingo-2003, e da equipe de OEstudio, responsável pelos uniformes no estilo retrô do Pan do Rio-2007.

Do www.globoesporte.com

Um comentário:

rinamariano disse...

Enfim... já descobriram quem foi o estilista da delegação brasileira das Olimpiadas Rio 2016? A gravata usada pelos homens era linda!!! Gostaria de saber de quem é a gravata e como adquirí-la.